Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Barca dos Corações Partidos apresenta show autoral “Desancora” em 20 de fevereiro

Apresentação é composta por canções inéditas e músicas de outros espetáculos encenados pela companhia
Por Jaiane Souza
Barca dos Corações Partidos
Barca dos Corações Partidos no espetáculo "Auê". Foto: Silvana Marques

Se tem uma palavra para resumir o grupo Barca dos Corações Partidos no último ano é resistência. Com a chegada da pandemia, o grupo se reinventou: criou festival virtual, gravou videoclipes à distância e ainda lançou um espetáculo virtual, o musical Jacksons do Pandeiro. Agora, vem mais novidades por aí. No dia 20 de fevereiro, a Barca apresenta o seu primeiro show autoral, o Desancora. A transmissão vai ser ao vivo, às 20h pelo YouTube, diretamente do Teatro Riachuelo. 

O show foi selecionado no edital Retomada Cultural RJ. Realizado pela Secretaria do Estado de Cultura e Economia Criativo do Rio de Janeiro, por meio da Lei Aldir Blanc. Além do show, nos dias 12, 13 e 14 de fevereiro, a companhia fala sobre suas técnicas, métodos e processos criativos em encontros gratuitos pelo Sympla

Show Desancora

A produção autoral do Barca dos Corações Partidos traz no repertório canções inéditas e músicas que ficaram conhecidas em outras montagens. Entre elas Auê, Suassuna – O Alto do Reino do Sol e Macunaíma. Além disso, tem participação especial de Lucas dos Prazeres, que também esteve no Jacksons do Pandeiro, e Rick de La Torre, presente em Auê e Gonzagão – A lenda. A direção musical pertence a Alfredo Del-Penho e Beto Lemos e produção a Andréa Alves.

Em resumo, o show traz a companhia teatral musical se assumindo como uma banda e dando uma nova roupagem a Desancora. O show teve quatro apresentações em 2018, mas com outro repertório e formação. A companhia promete surpresas e novidades para a versão de 2021.

A Barca dos Corações Partidos

O grupo se formou depois da apresentação do espetáculo Gonzagão – A lenda. Depois de rodar o Brasil em 2012, estreou Ópera do malandro (2014), de Chico Buarque, e Auê (2016), com dramaturgia e músicas autorais. Em 2017, homenageou Ariano Suassuna em seus 90 anos. Já em 2019, foi a vez de explorar a obra de Mário de Andrade no espetáculo Macunaíma – Uma rapsódia musical.

 

[O QUE] Desancora – Barca dos Corações Partidos [QUANDO] 20 de fevereiro, 20h [ONDE] YouTube da Barca dos Corações Partidos.

Barca dos Corações Partidos
Espetáculo Jacksons do Pandeiro. Foto: Renato Mangolin / Divulgação

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!