Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Confira as dicas para o seu fim de semana: 07 de dezembro

Por Carol Braga

06/12/2018 às 12:02

Publicidade - Portal UAI
Foto: 14 Bis / Divulgação

Nossa Culturadoria do fim de semana destaca muitas atrações de BH. Além da comemoração dos dez anos da DelegasCia, tem o encontro de Titane e Elomar no palco da Sala Minas Gerais. No teatro, destacamos o retorno da peça mais recente do coletivo As Bacurinhas.

14 Bis Acústico

Eis outra banda cheia de hits e um projeto em que eles são os protagonistas. 14 Bis lança no Palácio das Artes o disco gravado ao vivo no Coliseu de Santos em formato acústico. Cláudio Venturini (guitarra e voz), Sérgio Magrão (baixo e voz), Vermelho (teclados e voz) e Hely Rodrigues (bateria) incluíram no repertório algumas canções pouco executadas, consideradas Lado B, tipo Além paraíso, Vale do Pavão mas eu duvido não ter Linda Juventude, por exemplo.

[O QUE] Lançamento CD e DVD – 14 Bis Acústico [QUANDO] 08 de dezembro, 21h [ONDE] Grande Teatro do Palácio das Artes – Av. Afonso Pena,1537, Cemtro – BH [QUANTO] De R$ 70 a R$ 100

[COMPRE AQUI] 

 

Foto: Alexandre Rezende / Divulgação

 

DelegasCia

Não existe a menor sombra de dúvidas de que o DelegasCia é um dos projetos mais bem sucedidos da recente cena musical de BH. Ele surgiu despretensiosamente como uma roda de samba liderada pelo violonista Thiago Delegado. Foi só crescendo e chega agora à marca dos 10 anos com muitos motivos para comemorar. Mesmo! Por isso, neste sábado deixará o point tradicional, o bar A Casa, e ocupa o palco do Teatro Francisco Nunes. Os nomes dos convidados são mantidos em segredo mas, conhecendo a boa vibe de Delegado sei que o que não vai faltar é gente boa.

[O QUE] Show ‘DelegasCia – 10 anos’ com Thiago Delegado e convidados [QUANDO] 8 de dezembro, às 19h30 [ONDE] Teatro Francisco Nunes – Av. Afonso Pena, s/n, Centro – BH [QUANTO] Gratuito

 

Foto: Vitor Maciel / Divulgação

 

Orquestra Mineira de Rock

A primeira vez que vi a Orquestra Mineira de Rock me surpreendi com a quantidade de gente no palco e também com a qualidade musical. Há o esmero técnico e, principalmente, o bom gosto na seleção do repertório. De fato, só classicão bem executado. Fechou! O projeto comemora 20 anos de existência. Surgiu da união das bandas Cartoon, Cálix e Somba. Se você gosta de rock e ainda não conhece, vale a pena!

[O QUE] Show da Orquestra Mineira de Rock [QUANDO] 9 de dezembro, às 19h30 [ONDE] Grande Teatro do Palácio das Artes – Av. Afonso Pena, 1.537, Centro – BH [QUANTO] De R$ 60 a R$ 40

[COMPRE AQUI] 

 

Foto: Giu Pera / Divulgação

 

Roupa Nova

Roupa Nova tem tanto fã em Belo Horizonte que bate ponto aqui várias vezes ao ano. Por mais a banda sempre esteja lançando novos projetos, não adianta: quem vai ver Roupa Nova quer ouvir as canções antigas, aquelas que embalaram tanto casamentos como decepções amorosas, novelas e afins. Este ano a banda lançou o álbum “Novas do Roupa”, com 12 canções inéditas. Entre os hits do passado estão, Whisky a Go-Go, Dona, Volta pra Mim, Anjo, Seguindo no Trem Azul e A Viagem.

[O QUE] Show do Roupa Nova [QUANDO] 7 e 8 de dezembro, às 22h [ONDE] Km de Vantagens Hall BH – Avenida Senhora do Carmo, 230, São Pedro – BH [QUANTO] De R$45 a R$150

[COMPRE AQUI] 

 

Foto Luiza Palhares / Divulgação.

 

Titane e Elomar

O que se sabe sobre Elomar é que ele é muito discreto. Tanto que as aparições públicas do compositor são raras. Este é um dos motivos para conferir o show ‘Titane Em Noite Santos Reis’. Elomar vai dividir o palco com a cantora. Também acompanham a cantora os músicos Hudson Lacerda (violões) e João Omar (violões e violoncelo). Em 2016 Titane participou do show que celebrou os 80 anos de Elomar e em 2017 esse encontro virou o disco ‘Titane canta Elomar’.  O nome do show que ocupará a bela Sala Minas Gerais vem da canção natalina Noite de Santo Reis, composta por Elomar e lançada em 1986. O repertório todo terá 14 músicas.

[O QUE] TITANE Em Noite de Santo Reis com participação de Elomar [QUANDO] 8 de dezembro, 20h [ONDE] Sala Minas Gerais Av. Tenente Brito Melo, 1090,Barro Preto – BH [QUANTO] R$30.

[COMPRE AQUI] 

 

Foto: Philadelphia Chamber Society / Divulgação

Arnaldo Cohen

O pianista brasileiro Arnaldo Cohen é um dos mais importantes da cena brasileira. Ele completa 70 anos e a Orquestra Filarmônica dedica a ele o concerto dessa semana. Estão no programa peças como Concerto para piano nº 3 em dó menor, op. 37, de Beethoven, com participação do próprio Arnaldo Cohen como solista. Além disso, a apresentação também terá a Sinfonia nº 1 de Charles Gounod e a sequência de danças de Fausto,a ópera mais famosa do compositor. A regência é do maestro Fabio Mechetti. E uma outra dica: antes do concerto, entre 19h30 e 20h, haverá uma palestra curta sobre as obras, compositores e solistas. Isso é formação de público!

[O QUE] Filarmônica celebra os 70 anos do pianista Arnaldo Cohen [QUANDO] 6 e 7 de dezembro, às 20h30 [ONDE] Sala Minas Gerais – Rua Tenente Brito Melo, 1090, Barro Preto – BH [QUANTO] De R$ 44 a R$ 116

[COMPRE AQUI] 

 

 

Foto: Vitor Paulo / Divulgação

 

‘Refém Solar’, de Elisa Nunes

O feminismo negro e o racismo estrutural são temas norteadores de Refém Solar, solo de dança apresentado por Elisa Nunes. A artista é pesquisadora da UFMG e transforma em arte as próprias vivências. Um conceito que permea o trabalho é o de escrevivências, defentido pela professora e escritora Conceição Evaristo. Elisa iniciou sua formação com danças de salão, sobretudo o samba, passando também pelo ballet clássico, danças urbanas, dança contemporânea e danças populares brasileiras. Promete ser um espetáculo denso, cheio de significados.

[O QUE] Espetáculo ‘Refém Solar’, de Elisa Nunes [QUANDO] 6 a 9 de dezembro, de quinta a sábado, às 21h, e domingo, às 19h [ONDE] Sala Solo do Galpão Cine Horto – Rua Pitangui, 3613, Horto – BH [QUANTO] R$ 20

[COMPRE AQUI] 

 

Foto: José Luiz Pederneiras / Divulgação

Grupo Corpo

Os ingressos estão esgotados mas não tem como ignorar este que, quando aparece em nossa agenda, é sempre destaque. Se você não conseguiu ingresso, fique ligado para o ano que vem. Sempre, em novembro, o Grupo Corpo faz a temporada popular. Em 2018 escolheu apresentar dois trabalhos que não são inéditos mas são bastante significativos na trajetória da companhia: ‘21’ e ‘Parabelo’. Particularmente, esse segundo é um dos meus preferidos de todo o repertório do Corpo.

[O QUE] Grupo Corpo apresenta ‘21’ e ‘Parabelo’ [QUANDO] 5 a 9 de dezembro, de quarta-feira a sábado, às 20h30 e Domingo, às 19h [ONDE] Cine Theatro Brasil Vallourec – Praça Sete, Centro – BH [QUANTO] R$30

 

 

Foto: Coletivo Bacurinhas / Divulgação

 

Ópera Bruta

Desde que estreou o primeiro trabalho Coletivo Bacurinhas faz um teatro que coloca o dedo em feridas sociais. Revela preconceitos enraizados com humor, ironia. É um grupo que faz um teatro bastante interessante. Em Ópera Bruta, a segunda peça da companhia, o homem, o patriarcado ocupam o centro da narrativa, contada como uma Ópera.

[O QUE] Espetáculo ‘Opera Bruta’ do Coletivo Bacurinhas [QUANDO] De 7 a 9 de dezembro, às 19h30 [ONDE] Funarte – Rua Januária, 68, Centro – BH [QUANTO] R$ 30

[INGRESSOS NA BILHETERIA] 

 

 

[youtube modulo=”2″]h2rCvvtRo1g[/youtube]

 

O Beijo no Asfalto

Ah Nelson Rodrigues! Lidos hoje, muitos dos textos do dramaturgo soam demasiadamente machistas. Mesmo assim, entendendo cada um deles com o distanciamento do tempo não há como negar a genialidade do cara. O Beijo no Asfalto é um dos grandes textos da obra dele. É adaptado para o cinema pelas mãos de Murilo Benício, aqui como diretor. No elenco estão Lázaro Ramos e Débora Falabella. O que as críticas tem destacado bastante é a mistura de linguagens proposta pelo cineasta.

photo

Culturadoria com as dicas para o seu fim de semana: 15 de junho

A culturadoria do fim de semana não está tão cheia como de costume. A Copa do Mundo de Futebol interferiu um pouco na programação cultural da cidade. Mas tem atrações imperdíveis. Faça suas apostas!     Fernanda Takai Por que o destaque, mesmo com os ingressos esgotados, Carol? Gente, porque o disco que Fernanda Takai […]

LEIA MAIS
photo

Temporada de dança traz espetáculos solos para a Funarte

Encarar morte de um pai por suicídio não é fácil. É justamente sobre isso que o dançarino Wagner Moreira fala no solo ‘I Play D(e)ad’. O espetáculo está em cartaz pela primeira vez em BH, na Funarte, até sábado, dia 28. Ele faz parte da ‘Temporada para Solos de Dança na Funarte’, em cartaz até […]

LEIA MAIS
photo

Confira como está a procura para alguns dos shows mais esperados de 2018 em BH

A agenda cultural de Belo Horizonte está com uma série de shows e turnês imperdíveis ao longo do ano. Uma das atrações mais esperada será somente em outubro, mas os ingressos já estão acabando. Como o Culturadoria não quer ver ninguém de fora, selecionou seis shows que prometem ser muito badalados. Além de contar como […]

LEIA MAIS