fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Culturadoria com as dicas para o seu fim de semana: 02 de março

Por Carol Braga

01/03/2018 às 14:40

Publicidade - Portal UAI
Reprodução do Filme A general enviada por Fundação Clóvis Salgado

No último fim de semana da Campanha de Popularização, Culturadoria destaca a presença do Grupo Galpão. Tem ainda, Nando Reis entre os shows e uma mostra gratuita dedicada a Buster Keaton.

Nando Reis se apresenta no KM de Vantagens Hall. Crédito: Benedita Comunicação/Divulgação

Nando Reis       

Não há como negar que o público de BH tem um carinho especial por ele. Tanto tem que Nando Reis vira e mexe está por aqui. Desta vez, chega pela última vez com o show do disco Jardim-Pomar. O álbum foi gravado de maneira independente por Nando com a produção do americano Jack Endino. Claro que as canções desse disco formam a maior parte do repertório, mas também tem lugar para “Os Cegos do Castelo”, “All Star”, “Por Onde Andei” e “O Segundo Sol”. Sempre gosto de Nando Reis, de todas as fases dele. Vale prestar atenção especial no cenário desse show, assinado por Felipe Tassara e Daniela Thomas.

[O QUE] Nando Reis [QUANDO] 03 de março, 22h [ONDE] Km de Vantagens BH Hall (Avenida N. Sra. do Carmo, 230, Savassi, BH, (31) 3209-8989) [QUANTO] Arquibancada R$100 (inteira) R$50 (meia) Mesa R$720 [COMPRE AQUI]

 

Luiz Gabriel Lopes. Crédito: João Lima/Divulgação

Luiz Gabriel Lopes         

Se tem um nome que bem representa a geração de cantautores de Belo Horizonte é o do Luiz Gabriel Lopes. Um dos fundadores do Graveola e o Lixo Polifônico, sempre manteve produções paralelas em atividade. No pacote completo, Luiz Gabriel se mostra um músico muito versátil, interessado em novos caminhos para a composição e fiel às suas influências.

[O QUE] Luiz Gabriel Lopes [QUANDO] 03 de março, 19h [ONDE] IDEA Casa de Cultura ( R. Bernardo Guimarães, 1200, Funcionários, BH,(31) 3309-1518) [QUANTO] R$20 (inteira) R$10 (meia).

Foto Crédito Cavaleri, espetáculo Carmina Burana – uma cantata cênica

Carmina Burana – Uma Cantata Cênica

Ernani Maletta é o responsável por essa cantata cênica em cartaz na Campanha de Popularização do Teatro e da Dança. Ele mistura linguagens na encenação desta obra composta por 24 poesias latinas medievais. São mais de 30 artistas em cena. O diretor define o espetáculo como “uma declamação cantada de poemas, embora haja, em sua representação, cenários e vestuário condizente”. Promete agradar principalmente quem já tem hábito de consumir música erudita, mesmo Carmina Burana sendo um clássico.

[O QUE] Carmina Burana, Uma Cantata Cênica [QUANDO] 2 e 3 de março, 21h, 4 de março, 19h [ONDE] Grande Teatro do SESC Palladium (Rua: Rio de Janeiro, 1046, Centro, (31) 3270 – 8100) [QUANTO] R$30 (inteira) R$15 (meia) [COMPRE AQUI]

 

 

    

Reprodução do Filme
A general enviada por Fundação Clóvis Salgado

Mostra Buster Keaton  

O cine Humberto Mauro comemora 40 anos e a festa começa com riso. É que a Mostra Buster Keaton ocupa o cinema até o dia 29 de março com cerca de 30 filmes, entre longas e curtas. Há algum tempo o espaço não promovia uma mostra com vocação popular como esta. Se Chaplin foi um grande sucesso, desta vez não será diferente. Confira a programação completa por dia aqui. Um destaque deste final de semana é a exibição de O Teatro, de 1921. Vale ficar ligado em todo evento mas dê atenção especial ao encerramento. Serão exibidos, no Grande Teatro do Palácio das Artes, o curta The Railrodder (1965) e o longa A General (1926), com trilha sonora executada ao vivo.

[O QUE] Mostra Buster Keaton – O Acrobata do Riso [QUANDO] 2 a 29 de março [ONDE] Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1.537, Centro, BH, (31) 3236-7400) [QUANTO] Gratuita.

 

 

             

Marcelo Castro no monólogo Prólogo Canino-Operístico. Foto: Reprodução do Facebook.

Prólogo Canino-Operístico        

Marcelo Castro, ex-Espanca!, é o protagonista deste monólogo que, de certa forma, dialoga com a história do grupo que ajudou a fundar. Se em Por Elise, o ator era o intérprete do cachorro. Agora também. O cão é protagonista de um poema de Carlito Azevedo sobre a obrigação de aparecer. Há na sinopse uma metáfora relacionada ao próprio fazer teatral. Em uma postagem na página do Facebook da peça, os criadores afirmam que o trabalho foi “concebido para acontecer somente em apresentações únicas, ausência de cenário e ênfase no texto”.

[O QUE] Prólogo Canino -Operístico [QUANDO] 02 e 03 de março, 21h [ONDE] C.A.S.A. – Centro de Arte Suspensa & Armatrux (R. Himalaia, 69, Vale do Sol, Nova Lima, (31) 3517-8282) [QUANTO] R$11 [COMPRE AQUI]

            

Guto Muniz

De tempo somos com Grupo Galpão

Pois a Campanha de Popularização termina em grande estilo com De Tempo somos. No sarau cênico-musical o Grupo Galpão percorre a própria carreira. São canções que marcaram todos os espetáculos da Companhia. Muito emocionante para quem acompanha a carreira do grupo. Daquelas peças que eu realmente não ligo de ver milhões de vezes. Cada uma delas é uma emoção diferente.

[O QUE] De Tempos Somos – Um Sarau Do Grupo Galpão [QUANDO] 04 de março, 19h [ONDE] Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537, Centro, BH, (31) 3236-7400) [QUANTO] R$13 [COMPRE AQUI]

 

Exposição de Nello Nuno e Eliana Rangel na Casa Fiat de Cultura. Crédito: Carolina Braga/Culturadoria

 

Construções afetivas: Nello Nuno e Eliana Rangel

Afeto é o que realmente não falta na nova mostra montada na Casa Fiat de Cultura. Estão expostas cerca de 80 obras dos irmãos Nello Nuno e Eliana Rangel. Apesar de possuírem estilos completamente diferentes, os quadros pintados a partir de técnicas diversas estabelecem íntimos diálogos. A curadoria da exposição é de Márcio Sampaio e Nello Rangel. Eles fizeram um intenso trabalho de pesquisa e conseguiram reunir quadros de mais de 30 colecionadores. Eis um importante trabalho de valorização das artes plásticas de Minas Gerais, especialmente a produção entre as décadas de 1960 e 1980.

[O QUE] Construções afetivas: Nello Nuno e Eliana Rangel [QUANDO] Até 6 de maio. Terça a sexta, 10 às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h [ONDE] Casa Fiat de Cultura (Praça da Liberdade, 10 – Funcionários) [QUANTO] Grátis

photo

Antiga Casa da Árvore vira biblioteca a céu aberto

Uma casa do saber ressurgida das cinzas. É assim que o morador de rua, Klinger Douglas, chama o novo espaço onde havia a Casa da Árvore que construiu e costumava encantar quem  passava pela Avenida Barão Homem de Melo, esquina com a Rua Maria Macedo, no bairro Nova Granada, na Região Oeste de Belo Horizonte. […]

LEIA MAIS
photo

Confira as dicas culturais para o fim de semana: 28 de fevereiro

Em nossas dicas culturais desta semana, não tem carnaval! Mas não se preocupe, separamos para você algumas atrações que merecem sua atenção. Sim, são poucas, mas selecionadíssimas! Confira!  Mas, ainda falando sobre a folia, deixamos aqui a dica deste texto publicado pelo El País. Fala sobre como a crítica política marcou forte presença em 2020. […]

LEIA MAIS
photo

Confira as dicas para o seu fim de semana: 08 de março

A agenda cultural do fim de semana está quase toda dominada pelo teatro. Depois da Campanha de Popularização e do Carnaval, produções de fora de Belo Horizonte chegam à capital para renovar a safra. O grande destaque fica por conta da estreia do Cirque du Soleil, que dispensa apresentações, a peça ‘Um Panorama Visto da […]

LEIA MAIS