Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

CineOP dá início à 19ª edição

Gostou? Compartilhe!

De 19 a 24 de junho, a CineOP movimenta a cidade histórica com filmes, seminários, exposições, atrações artísticas e muito mais

CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto dá início nesta quarta-feira, 19 de junho de 2024 (Dia do Cinema Brasileiro), à sua 19ª edição. Assim, até a próxima segunda-feira, dia 24 de junho, a programação apresenta filmes em pré-estreias nacionais e retrospectivas, bem como homenagens. Do mesmo modo, a grade também inclui a realização de um seminário, debates, oficinas, sessões cine-Escola e Mostrinha de cinema. Serão, ao todo, 153 filmes (15 longas, um média e 122 curtas-metragens), distribuídos em 31 sessões. Não bastasse, quem for a Ouro Preto vai poder conferir exposições, cortejo, bem como shows musicais (como o da Orquestra Mineira de Brega) e atrações artísticas. 

O evento oficial de abertura acontece na noite da quinta-feira (20), às 19h30, na Praça Tiradentes.

Na foto, uma das sessões ao ar livre que aconteceram na 18ª edição da CineOP, no ano passado (Leo Lara/Universo Produção/Divulgação)
Na foto, uma das sessões ao ar livre que aconteceram na 18ª edição da CineOP, no ano passado (Leo Lara/Universo Produção/Divulgação)

A CineOP, como se sabe, tem como eixo principal o cinema como patrimônio, preservação, história e educação. A programação se desdobrará principalmente entre a Praça Tiradentes e o Centro de Artes e Convenções. Não só: Ouro Preto também receberá a 19º Encontro Nacional de Arquivos e Acervos Audiovisuais Brasileiros. Tal qual, o Encontro da Educação: XVI Fórum da Rede Kino – Rede Latino-Americana de Educação, Cinema e Audiovisual. Importante ressaltar que toda a programação é oferecida gratuitamente. De acordo com a produção, a nova edição da CineOP prevê um público estimado em mais de 20 mil pessoas.

Animação

Este ano, a CineOP reverencia o cinema de animação. No caso, a ênfase é dada ao ambiente da animação como um todo, “como um grande coletivo de criações”, diz o material de apresentação. Ou seja, em todos os estágios, do início à finalização. “Com todas as mãos que ali contribuíram para as imagens e sons projetados depois nas telas”.

No curta de animação "Meow", um gato fica sem leite e é convencido a tomar um certo refrigerante (frame)
No curta de animação “Meow”, um gato fica sem leite e é convencido a tomar um certo refrigerante (frame)

O homenageado da 19ª CineOP é Alê Abreu. O cineasta é tido como um dos nomes mais internacionais da animação brasileira. Teve dois dos três longas metragens exibidos no Festival de Annecy (“O Menino e o Mundo” e “Perlimps”), o evento mais importante da animação. E ainda foi indicado ao Oscar da categoria (com “O Menino e o Mundo”). 

Cortejo/Festa junina

Este ano, o cortejo acontece no sábado, dia 22, às 11h30, e vai contar com a participação de várias agremiações e grupos. Entre eles, as guardas de Moçambique e de Congo. E, ainda, a Banda de Ouro Preto. Uma intervenção circense, bem como a presença da Turma do Pipoca, dos bonecos Zé Pereira, de Marcelino Xibiu e do Palhaço Alegria prometem tornar o evento ainda mais divertido. Não bastasse, ainda haverá a participação da Orquestra Atípica de Lhamas. Será no Cine Praça/Praça Tiradentes.

Pelo terceiro ano consecutivo acontece a Festa Junina da CineOP, que integra a Mostra Valores da 19ª CineOP. Marcada para o domingo, às 18h, no Sesc Cine Lounge Show – Centro de Artes e Convenções, reúne grupos artísticos e instituições sociais de Ouro Preto. A ação conjunta entra em cena com o objetivo de valorizar a arte, o sabor e a tradição.

No streaming

Na sexta-feira, 21 de junho, um recorte da programação do CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto chega ao IC Play, podendo ser acessado até 7 de julho. Desse modo, na plataforma, o público pode assistir, por exemplo, a “Até que a sbornia nos separe”, de Otto Guerra e Ennio Torresan Jr. Tal qual, “Habitar”, de Antonio Fargoni; “Hélio Melo”, de Leticia Rheingantz; e “Piconzé”, de Ypê Nakashima. E, ainda, a “Visões do Paraíso”, de Cristiana Miranda; “Veredas Tropicais”, de Fábio Andrade, e “Dia Estrelado”, de Nora Normande. Também estará no Itaú Cultural Play a animação “O Menino e o Mundo”, do homenageado Alê Abreu.

Frame de "O Menino e o Mundo", de Alê Abreu (Universo Produção/Divulgação)
Frame de “O Menino e o Mundo”, de Alê Abreu (Universo Produção/Divulgação)

Lançamentos de livros

No domingo, 23 de junho, às 12h30, no Hall de Convivência (2º andar) do Centro de Convenções, haverá um lançamento presencial de livros impressos.

19ª CineOP

Desta quarta-feira, 19 de junho, a segunda-feira, 24 de junho, em Ouro Preto
Confira a programação em www.cineop.com.br

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]