fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Cinco curiosidades sobre Pokémon: Detetive Pikachu

Pokemon: Detetive Pikachu é o primeiro filme em live-action com as criaturas que se tornaram febre nos games, nos mangás e nas animações japonesas

Por Laura Oliver *

07/05/2019 às 09:38 | * Escreveu com a supervisão de Carolina Braga

Publicidade - Portal UAI
Foto: IMDb / Divulgação.

Eis mais um filme que chega aos cinemas para atender as expectativas dos fãs. E olha que são muitos os apaixonados pelo universo Pokémon. Detetive Pikachu é o primeiro live-action com o personagem clássico dos jogos de videogame e dos desenhos animados. A julgar pelas primeiras análises publicadas pela crítica especializada, os amigos do Pokémon pode ficar felizes. O Bruno Silva do Omelete, por exemplo, disse que o longa avança de forma construtiva aquilo que já está em outros produtos da franquia.

Só para atualizar quem não entende nada de Pokémon, trata-se de uma franquia criada em 1996, no Japão. Os pokémons são criaturas que os seres humanos capturam e treinam para lutas. Começou como um jogo e teve seu universo expandido transmidiáticamente. Ou seja, hoje tem filmes, mangás, brinquedos, além do jogo que foi para o celular e virou uma febre mundial. O diferencial do longa dirigido por Rob Letterman é o fato de usar atores misturados com os pokémons.

Separamos a seguir uma lista com algumas curiosidades sobre o longa que estreia no dia 09 de maio nos cinemas de todo o Brasil.

Inspirado em videogame

Filmes de live-action inspirados em videogames começaram a se tornar mais comuns em 1993, com o lançamento da adaptação cinematográfica de Super Mario Bros. Mas nunca houve um longa-metragem que conseguisse gerar acordo entre os fãs. Pokémon: Detetive Pikachu veio para mudar isso. Ele é uma adaptação de um jogo lançado em 2016 e traz um dos universos mais adorados na história dos videogames. Diferentemente de Super Mario Bros, o público amou a ideia de o Pokémon: Detetive Pikachu virar um longa.

Enredo

Na trama, o pai do personagem principal, interpretado por Justice Smith, é misteriosamente sequestrado, forçando o adolescente a se juntar ao Pokémon: Detetive Pikachu (dublado por Ryan Reynolds). Assim, eles vão procurando pistas sobre os enigmas deixados pelo misterioso incidente em Ryme City, uma metrópole moderna e alastrante, onde humanos e Pokémon vivem lado a lado em harmonia num mundo realista de ação ao vivo, sem a necessidade da relação de treinamento de pokémon tão popular nos jogos. Eles encontram um elenco diverso de personagens Pokémon e descobrem uma coisa que poderia destruir esta coexistência pacífica e ameaçar todo o universo Pokémon.

 

 

Foto: IMDb / Divulgação.

Elenco

Warner escalou um elenco daqueles. Ryan Reynolds (DeadPool) é a voz de Pikachu, Justice Smith (Jurassic World: Reino ameaçado) interpreta Tim Goodman, Bill Nighy (Frankenstein – entre anjos e demônios) faz o papel de Howard Clifford, Rita Ora (“Cinquenta Tons de Liberdade”) interpreta Dr. Ann Laurent, Diplo faz o Dj, numa realização de Rob Letterman (Espanta Tubarão), enquanto o roteiro fica a cargo de Nicole Perlman (“Guardiões da Galáxia”) e Derek Connolly (Star Wars).

Repercussão antes mesmo de entrar em cartaz

Depois de uma série de trailers fofos, as primeiras críticas do filme são bem positivas. “O filme é muito divertido e é repleto de easter eggs. Os fãs de Pokémon vão amar, mas ele também será amistoso com quem não conhece o universo”, afirmou Steven Weintraub, editor do Collider. “Como eles puderam fazer Pikachu tão fofo? Ele acerta em cheio no mundo do Pokémon e ver aquelas criaturas incríveis já vale o preço do ingresso. Se você ama Pokémon, vai amar o filme”, escreveu Terry Schwartz, editora do IGN. Esse são alguns dos comentários sobre o filme. Certamente Pokémon: Detetive Pikachu promete.

Rhyme City

Rhyme City é uma cidade entre Londres, Nova Iorque e Tóquio. A arquitetura e os letreiros consolidam os Pokémons como parte da vida cotidiana do lugar. As ruas são iluminadas por néon. Além disso, durante o filme existem várias referências ao anime e o jogo. Sem contar que Pokémon: Detetive Pikachu conseguiu misturar os limites entre fantasia e realidade, garantindo a imersão do público nesse universo tão rico. Certamente elas irão emocionar os grandes fãs.

 

Foto: IMDb / Divulgação.

photo

Mural gigante de Fhero colore ainda mais o centro de BH

Cada vez mais o centro de BH ganha cores diferentes. Depois que o projeto Cura iniciou o lindo trabalho de ocupar com arte diversas empenas da região, outras iniciativas semelhantes começam a surgir. Desta vez,  as paredes do Shopping Xavantes foram as escolhidas para ganhar novos tons. O artista convidado é uma figura singular: Fhero. […]

LEIA MAIS
photo

Preparamos uma lista com editais culturais abertos em maio

Se  você é um produtor de arte e deseja mostrar seu trabalho, fique atento. Alguns editais de propostas culturais estão abertos. O MUM abrirá espaços expositivos para aqueles que desejam mostrar seu trabalho. O período de inscrições começou dia 29 de abril e vai até 17 de maio. Aliás, as propostas devem estar envolvidas nas […]

LEIA MAIS
photo

Johnny Hooker encerra turnê de ‘Coração’ em BH em junho

Basta ter visto Johnny Hooker uma vez em BH que você já terá uma noção da relação que ele tem com o público da capital mineira. Que é bastante estreita e empolgada é o mínimo que podemos dizer. Por isso, faz bastante sentido que seja aqui o encerramento da turnê do segundo disco ‘Coração’. Foram […]

LEIA MAIS