Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Chico Buarque, 80 anos: o artista em livros

Gostou? Compartilhe!

Nesta quarta-feira, 19 de junho de 2024, o cantor, compositor e escritor Chico Buarque chega aos 80 anos de vida

Um dos mais renomados jornalistas especializados em música em atividade, Mauro Ferreira comparou recentemente, na coluna que assina no site G1, o aniversário de 80 anos de Chico Buarque à “efeméride mais importante da MPB em 2024”. Não soa exagero. Nesta quarta-feira, dia 19 de junho, um dos mais cultuados expoentes da MPB chega a tal idade. Provavelmente, a comemoração será em Paris. Isso porque, no último sábado, dia 15, o ex-jogador Raí postou fotos ao lado de Buarque durante a marcha contra o avanço da extrema-direita na França. Junto a eles, também aparecia, nas fotos, a atual esposa do músico, a advogada (especializada em direito internacional, direitos fundamentais e direitos humanos) Carol Proner, 49 anos.

Nascido no Rio de Janeiro, Chico Buarque de Hollanda foi para São Paulo com a família aos dois anos. Extremamente profícuo, Buarque tem cerca de 80 obras no território da música. Livros, são dez (incluindo um dedicado ao público infantil). No teatro, seu nome aparece à frente de montagens icônicas, como “Roda Viva”, “Calabar” (co-escrita com Ruy Guerra), “Gota d’Água”, “Ópera do Malandro” e “O Grande Circo Místico”. Tal qual, o cinema também faz parte da trajetória – para citar um exemplo, foi co-roteirista do longa “Para Viver um Grande Amor”, junto a Miguel Faria Jr.

Chico Buarque, que chega aos 80 anos nesta quarta-feira, dia 19 de junho de 2024 (Leo Aversa/Divulgação)
Chico Buarque, que chega aos 80 anos nesta quarta-feira, dia 19 de junho de 2024 (Leo Aversa/Divulgação)

Para os fãs do “moço dos olhos cor de ardósia”, como já foi conhecido, o Culturadoria listou, aqui, seis livros que se debruçam sobre a vida e obra dele. Confira!

“Chico Buarque em 80 Canções” – André Simões – Editora 34 (2024, 368 páginas, R$85,90)

Celebrando as oito décadas de vida de Chico, o jornalista André Simões analisa 80 canções do compositor, traçando um painel representativo de toda a sua carreira. De “Pedro pedreiro” (1965) a “Que tal um samba?” (2022), cada um dos breves capítulos mantém uma ideia central, segundo a Editora 34. A de que uma canção não pode ser satisfatoriamente entendida e avaliada quando se trata isoladamente de música ou letra. Assim, as análises consideram não apenas a interação lírico-musical, mas também elementos como arranjo, interpretação, contexto histórico e recepção, entre outros. Repassando a carreira de Chico, também se mostra parte relevante da história do Brasil nos últimos 60 anos. O volume inclui ainda vasta iconografia dos álbuns e a discografia completa do artista.

“Trocando em Miúdos” – Tom Cardoso. Editora Record (2024, 280 páginas, 79,90)

“Trocando em Miúdos” é uma biografia assinada por Tom Cardoso, e que vem à tona no bojo dos 80 anos de Chico Buarque. De acordo com o material da Record, a narrativa tecida por Tom Cardoso explora os meandros das experiências de Chico, desde os embates com a censura durante os anos sombrios da ditadura militar até os aspectos mais íntimos de seus processos criativos. Desse modo, são seis temas caros à vida pública e particular do cantor e compositor: a política, a literatura, a fama, as polêmicas, a censura (assim como a autocensura) e o futebol. O autor reúne depoimentos, entrevistas e uma extensa pesquisa bibliográfica para apresentar ao leitor o retrato múltiplo de um dos maiores artistas vivos da cultura popular brasileira.

“Chico Buarque, O Romancista” – Organizador Rinaldo de Fernandes. Editora Garamond (2021, 236 páginas, preço médio: R$ 55)

Este livro é o primeiro que aborda, sob diferentes perspectivas, os romances de Chico Buarque publicados até agora: “Estorvo”, “Benjamim”, “Budapeste”, “Leite Derramado”, “O Irmão Alemão” e “Essa Gente”. O conjunto dos ensaios mostra que valores, significados e formas alicerçam os romances de Chico. Os ensaístas são doutores e pós-doutores ligados a universidades brasileiras e estrangeiras e seus textos são claros, comunicativos, de fácil entendimento.

O organizador, que é doutor em Teoria e História Literária e ficcionista, procura mostrar, no texto de apresentação, a diferença entre o compositor e o romancista Chico Buarque. Aponta a complexidade da ficção do autor de “Estorvo”. E lança as questões: “A crítica tem afiançado a ficção de Chico? Afinal, entre nós, autor com sucesso de vendas combina com boa recepção crítica?”. A resposta a tais questões é dada pelos 18 ensaios que compõem o livro.

“Chico Buarque do Brasil” – Organizador Rinaldo de Fernandes – Editora Garamond – (2006, 432 páginas, R$ 87,39, ou usados, a preços diversos)

Descrito pela editora como uma homenagem a Chico Buarque de Hollanda. Assim, ensaístas, jornalistas, ficcionistas e poetas e estudiosos interpretam as canções, o teatro e a ficção deste artista. A obra traz ensaio fotográfico inédito e textos que vão do rigor crítico ao depoimento afetivo.

“Chico Buarque Para Todos” – Regina Zappa – Imã Editorial (2016, 208 páginas, preço médio: R$ 42)

De acordo com a apresentação da obra, era a primeira vez que Chico Buarque concordava em falar longamente sobre vida e carreira com a finalidade de publicar em livro a sua história. Desse modo, foram muitas horas de conversas, caminhadas, idas aos bastidores dos shows, ao campo de futebol, encontros com amigos, parceiros, familiares. Das conversas, disse Regina Zappa, surgiu um Chico “humano, moleque, inteligente, cercado pelo mistério da criação”. Desse modo, nas entrevistas, menino travesso e o jovem romântico emergiram, bem como o adulto, em seus momentos de criação e turbulência. “Mas é, sobretudo, o Chico artista, cantor e compositor, que está retratado neste perfil. Um Chico admirado e idolatrado que permanecia, até então, misterioso”.

“Para Seguir Minha Jornada. Chico Buarque” – Regina Zappa. Editora Agir (2011, 608 páginas, a preços variáveis na internet)

A vida de Chico Buarque é documentada aqui através de fotos, que servem como retratos de épocas. Neste livro, o leitor poderá ver imagens de todas as fases da vida do cantor e descobrir um pouco mais sobre a relação dele com outros nomes da música.

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]