fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Célio Balona comemora 80 anos e 65 de carreira com série de shows em BH

Querido músico instrumental mineiro, Célio Balona fará uma série de quatro shows no CCBB a partir de março para comemorar 80 anos de vida e 65 de trajetória musical vasta

Por Marjorie Riff *

18/03/2019 às 09:13 | * Escreveu com a supervisão de Carolina Braga

Publicidade - Portal UAI
Foto: Élcio Paraíso / Divulgação.

Comemorar 80 anos de vida e 65 como músico não é para qualquer um. Para celebrar esses dois marcos importantes, o carismático Célio Balona prepara um presente para o o público de BH. Em síntese: uma série de quatro shows no Centro Cultural Banco do Brasil começa no próximo dia 20 de março. ‘Batuquerê’, o famoso álbum de 1992, abrirá a temporada.

“Completar 65 anos de carreira significa que valeu a pena tudo que passei, as músicas que fiz e os colegas com quem que tive o prazer e a honra de tocar. Um presente de Deus. É motivo de muita alegria”, conta. Quando fala sobre a relação que tem com música, Célio brinca. “Você casa com ela”, enfatiza. Ele diz que o primeiro contato com a arte foi pura sorte. Em resumo: uma história digna de filme. “Eu consegui ganhar um acordeom num programa de rádio de perguntas e respostas”, conta. A carta dele foi a sorteada entre 40 mil.

Convidados

Inesperadamente, a relação com o acordeom se tornou parte de sua vida. “É uma prótese do meu coração”, afirma Célio. Para ele, o acordeom é um instrumento nobre, muito valorizado em todo o mundo. Para ele, o instrumento é capaz de conquistar as novas gerações, que, aliás, o músico experiente diz que são incríveis. Por exemplo, Natália e Luísa Mitre, que tocarão com Célio na apresentação do dia 20 de Março. Entretanto, os fãs também podem esperar participações veteranas ilustres na série comemorativa. O saxofonista Nivaldo Ornelas, Gilson Peranzzetta e Ivan Lins são alguns dos outros convidados. No primeiro show, Célio revela que vai reunir todos os músicos que tocaram com ele há 28 anos no lançamento de ‘Batuquerê’.

Em contraste do que algumas pessoas esperam de um acordeonista de sucesso, Célio também é muito fã de música eletrônica. O terceiro show, com o grupo BR Groove,  terá teclados e sintetizadores! O DJ Júnior Antonini será um dos convidados especiais. “Adoro música eletrônica”, menciona. “Me joguem numa rave que eu vou!”, brinca.

Festival Internacional do Acordeon

Desde 2014, Célio Balona é um dos organizadores do Festival Internacional do Acordeon (FIA). Dessa maneira, ele adiantou que a edição 2019 está prevista para outubro.  Todavia, a produção já trabalha na curadoria e, em breve, divulgará as datas. Para os fãs, Célio enfatiza que essa série de shows em BH será “um imenso prazer ver o pessoal todo no teatro” e que serão “quatro noites de muita festa e troca de emoções. Além de ser “um encontro de pessoas que eu adoro”, conclui.

 

[O QUE] Shows de Célio Balona no CCBB [QUANDO] 20 de Março, 3 de Abril, 17 de Abril e 1 de Maio [ONDE] Centro Cultural Banco do Brasil – Praça da Liberdade, 450, Funcionários – BH [QUANTO] R$ 30

 

Foto: Élcio Paraíso / Divulgação.

 

Continua após a publicidade...

photo

O que faz o Cirque du Soleil uma referência no entretenimento mundial?

Disciplina. Essa é uma palavra chave não apenas para quem trabalha no Cirque du Soleil como também para alguém que, como eu, passou algumas horas visitando os bastidores de OVO, a montagem que acaba de chegar ao Brasil. O espetáculo, com direção de Déborah Colker, tem dez anos de vida e alguns marcos. Por exemplo, […]

LEIA MAIS
photo

Cinco curiosidades sobre o novo espetáculo do Grupo Giramundo

Domingo de manhã. O teatro está escuro. Bastante. Em meio ao breu, os atores se movimentam. Se norteiam pelo som antes que a imagem ocupe o devido lugar na nova montagem do Grupo Giramundo. Se você está acostumado aos tradicionais bonecos, prepare-se para uma outra fase. ‘O pirotécnico Zacarias’ nasce propondo uma série de mudanças. […]

LEIA MAIS