fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Cefart expande e inaugura anexo na Avenida dos Andradas

Por Thiago Fonseca *

25/11/2018 às 07:42 | *Colaborador

Publicidade - Portal UAI
Foto: Paulo Lacerda / Divulgação

O tempo voa e para dar conta de entregar o Centro de Formação Artística e Tecnológica (Cefart) Andradas até a inauguração, nesta segunda-feira, dia 26, as equipes da Fundação Clóvis Salgado trabalham intensamente. Pinta daqui, limpa dali, monta estrutura acolá e assim por diante. Dessa forma, o prédio que pertencia ao Departamento Estadual de Telecom de Minas Gerais (DETEL-MG), ganha formas.

O projeto, segundo Vilmar Souza, diretor do Cefart, é de 2015, desde que a escola começou a se chamar se chamar Centro de Formação Artística e Tecnológica. Ainda tem a ver com as necessidades internas da escola, a medida que cresceu e não era comportada apenas dentro do Palácio das Artes. Além disso, é uma resposta à luta dos alunos que reivindicavam melhorias na estrutura da escola, diálogo com a diretoria e maior atenção.

Menos Palácio Mais Arte

Em 2016 e 2017 o manifesto ‘Menos Palácio Mais Arte’ tomou conta das instalações do Palácio das Artes. Toda a sociedade foi mobilizada. O movimento surgiu em um contexto em que, segundo os alunos, a escola estava defasada. Com falta de professores, estrutura precária, distanciamento entre diretoria e corpo docente e com recursos escassos.

Dessa forma, os jovens se mobilizaram e fizeram uma carta aberta à sociedade. O manifesto chegou até a Assembleia Legislativa e desde então, mudanças foram notadas. De acordo com Bremmer Guimarães, aluno do terceiro ano do curso de teatro e um dos fundadores do movimento, depois de um ano de luta, os alunos começaram a ter uma aproximação e diálogo com nova gestão.

“Lutamos por melhorias e para que tivéssemos mais atenção no Palácio. Houve melhorias no curso, mas ainda era necessário mais. A gente não queria exatamente um novo espaço, mas a diretoria propôs a ampliação e para nós é algo muito importante”.

 

Ações do manifesto Menos Palácio Mais Arte em 2017 – Foto: Raquel Rosceli / Divulgação

 

Novo anexo

O Cefart Andradas é localizado no número 723 da avenida, no Centro de BH, bem próximo ao Palácio das Artes. O lugar foi escolhido pela localização, por estar desocupado e por ter vãos livres. O imóvel possui 3.300m², distribuídos em quatro andares. O prédio foi cedido pelo Governo do Estado à FCS  em dezembro de 2017. Na ocasião, os alunos fizeram a primeira ocupação do espaço com apresentações artísticas.

“Esse novo espaço vem para ampliar e atender as necessidades da escola. As atividades do Cefart vão continuar funcionando no Palácio e na unidade da Liberdade. Esse vai ser mais um espaço onde toda a escola estará representada. A ideia do novo espaço é facilitar e promover a junção das escolas de Artes Visuais, Dança, Música, Teatro e Tecnologia da Cena”, explica Vilmar.

Para facilitar o acesso, a diretoria retomou um projeto antigo de Juscelino Kubitschek: abertura dos portões do espaço para o Parque Municipal. É por meio do passeio Niemeyer que os alunos poderão chegar ao anexo. A passagem será inaugurada no início de dezembro e ficará aberta durante horário de funcionamento do parque.

 

Apresentação dos alunos do Cefart na entrega do prédio em 2017 – Foto: Paulo Lacerda / Divulgação

 

As Obras

Todos os andares do prédio foram transformados em salas de aula, estúdios de dança e espaço para ensaios, oficinas de figurinos, adereços e cenários para as diferentes produções artísticas da Fundação. O anexo ainda não está como previsto no projeto desenvolvido. Por lá há ainda muita coisa a ser feita. Por enquanto, é uma adaptação para adiantar a mudança ainda neste ano.

“A gente entendeu que era melhor trazer as atividades para o novo prédio ainda neste ano por conta das necessidades do momento. A gente entende também que é uma oportunidade para que os alunos já comecem a desenvolver seus trabalhos”, pontua Vilmar.

Para a reforma a Fundação usou a criatividade. Cenários de obras da casa estão sendo aproveitados e viraram estruturas dos andares. As mesas do cenário da ópera ‘O Holandês Errante’, por exemplo, estão sendo utilizadas no terceiro andar. As adaptações e reformas estão sendo realizadas pelos próprios técnicos da Fundação. Há mais de um mês eles trabalham sem parar para dar conta do prazo de entrega. Foi necessário desmontar tetos e chãos. Além disso, adaptar muita coisa. Entretanto, mesmo após as reformas serão necessárias muitas outras obras.

 

Produção da platéia do teatro João das Neves no último andar do prédio – Foto: Thiago Fonseca / Culturadoria

 

Estrutura

Além de receber as atividades do Cefart, o local vai abrigar também o Teatro João Das Neves. Outra novidade é a transferência do Centro Técnico de Produção e Formação Raul Belém Machado (CTPF-RBM), que deixa os galpões em Marzagão/Sabará, para ocupar dois andares do prédio. Dessa forma, o térreo funcionará as oficinas de serralheria e figurino. O espaço reúne todo o maquinário que se encontrava no CTPF-RBM.

O segundo andar será dedicado ao acervo de figurinos da Fundação Clóvis Salgado que possuí aproximadamente 9 mil peças. Assim, os alunos terão fácil acesso a elas. No mesmo andar, ainda serão expostos parte dos cenários de algumas montagens. O terceiro andar, é um espaço multiuso para aulas e atividades de todas as Escolas. Já o quarto andar, abriga o teatro João das Neves, com capacidade para 200 pessoas, e uma sala para a dança.

As mudanças estão sendo feitas ao poucos. O acervo das óperas, por exemplo, devem chegar na próxima semana. Neste ano, o prédio já receberá oficinas de cenografia. A ampliação também reflete no número de vagas para os cursos. A Escola de Música contará com 608 vagas já para 2019. Já as escolas de teatro somam 133 vagas. Os alunos que forem selecionados já terão aulas no novo prédio.

 

O térreo abrigará oficinas de cenografia e o acervo do Cefart – Foto: Paulo Lacerda / Divulgação

 

Melhorias nos cursos

Breemer entende que o novo espaço não está pronto, mas mesmo assim está feliz e espera que muita coisa boa aconteça. “Para nós é algo muito importante, a construção do espaço também será nossa e é importante estarmos perto dela. Esse espaço é importante para abrigar novas turmas e ampliar nossos estudos. Mas não queremos ser esquecidos e que o espaço não seja um lugar de exclusão, e sim, de ampliação”.

Para o aluno Deydson Tcharles, do segundo ano do curso de teatro, a ampliação vai ser muito boa para os alunos, além do espaço ser uma questão de resistência.  “Nossa maior dificuldade hoje é ter salas para ensaiar e ter aulas. O anexo vai resolver esse problema. Tendo esse espaço a gente consegue aprofundar mais os ensinos”. A aluna do primeiro ano de teatro, Amanda Arruda, também vê benefícios no novo espaço, entretanto, diz que tem que ser algo bem acompanhado e o efetivo de professores tem que ser melhorado.

 

Questões políticas

As reclamações de falta de professores são antigas, uma vez que os profissionais são contratados anualmente em processo de designação. Segundo Vilmar, a situação está controlada desde o ano passado. “Em 2017 a gente conseguiu fazer a regularização. Em 2018 a gente teve quadro de professores completo e para 2019 o processo de seleção já está aberto”.

A gestão atual do Cefart espera que no próximo ano a nova diretoria entenda que espaço esteja ligado a um plano pedagógico e dê continuidades. Entretanto, ainda não é possível fazer previsões para o futuro, uma vez que o Romeu Zema, governador eleito para Minas Gerais, ainda não divulgou quem será o secretário de Cultura. Segundo assessoria do governador eleito, as próximas secretarias serão divulgadas a partir desta semana. Sendo assim, as pastas e seus órgãos serão vistas durante o processo de transição pelos próprios secretários designados.

Continua após a publicidade...

 

Inauguração

Na inauguração do Cefart Andradas, nesta segunda-feira, dia 26, todos os ambientes do prédio estarão ocupados com atividades e intervenções artísticas dos alunos. Haverá exposição de cartazes e programas do Cefart, registrando todas as atividades realizadas entre 2015 e 2018. Ainda a presença da cantora Titane, para receber a homenagem ao marido João das Neves e uma prévia da próxima edição do Cefart Encena: ‘Um Sonho de Liberdade’.

 

Continua após a publicidade...

photo

Consciência Negra: eventos culturais em BH celebram a data

O Dia da Consciência Negra é comemorado em todo o país no dia 20 de novembro. A data foi escolhida por ter sido o dia da morte do líder negro Zumbi, que lutou contra a escravidão no Nordeste. Foi estabelecida em janeiro de 2003 pela lei nº 12.519. No entanto, somente em 2011 foi sancionada. […]

LEIA MAIS
photo

Cinco dicas de onde encontrar sua fantasia para o carnaval

Como andam os preparativos para a fantasia do carnaval? Muita gente ainda não decidiu o que usar e nem aonde encontrar. Mas não se desespere! Selecionamos cinco lugares em BH para você montar a fantasia e os adereços ideais. Tem opções para comprar, alugar e até mesmo produzir em casa. Em resumo: dicas espertas para […]

LEIA MAIS
photo

Confira nove dicas do que fazer com a garotada nas férias

Esta matéria é especialmente dedicada para quem estará com a meninada em casa e procura um programa especial para as férias na capital. Afinal, elas merecem muita diversão. Dessa forma, separamos nove dicas. Tem colônia, programação especial nos museus e muito mais. Confira:   Museu das Minas e do Metal Nas férias de janeiro, a […]

LEIA MAIS