Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

“Brisa”: residência artística aborda a vida das mulheres e as artes

Gostou? Compartilhe!

A proposta da Brisa é criar diálogos e reflexões sobre temas que atravessam a vida das mulheres, como maternidade e o empoderamento da mulher negra

Até o dia 21 de abril, o Parque Ecológico Eldorado, em Contagem, abriga a primeira edição da “Brisa – Residência Artística Mulheres em Movimento”. Organizado e realizado pelas artistas independentes Dayane Tropicaos, Fabiana Santana e Zi Reis, o projeto visa desenvolver trabalhos em diversas plataformas e mídias que abarcam temáticas diversas. Dentre elas, o mercado das artes e a vida das mulheres.  De acordo com o material de divulgação, a residência Brisa será uma incubadora de novos projetos, possibilitando trocas entre as residentes e com o público.

Durante o encontro, serão desenvolvidos trabalhos em diversos materiais e linguagens, como pinturas, esculturas, vídeos e arte digital. As artistas envolvidas no Brisa já circulam, cada uma dentro de uma linguagem, no universo das artes visuais, não só em BH, mas em outros estados. No entanto, é a primeira vez que realizam uma residência nesse formato em um parque público. A iniciativa conta com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura de Contagem por meio do edital Movimenta Multilinguagens 001/2023.

Zi Reis, uma das mentoras do Brisa - Residência Artística Mulheres em Movimento (Juliana Moreira/Divulgação)
Zi Reis, uma das mentoras do Brisa - Residência Artística Mulheres em Movimento (Juliana Moreira/Divulgação)

Oficinas na residência artística

A Brisa prevê três oficinas para o dia 14 de abril. Além disso, no dia 20, ocorrerá a roda de conversa “Sempre Estivemos Aqui: Dificuldades e Desafios das Mulheres nas Artes Visuais”. A ação contará com três convidadas e a exposição dos trabalhos desenvolvidos ao longo da residência. Todas as atividades acontecerão no Parque Ecológico do Eldorado. 

No caso das oficinas da Brisa, Zi Reis ministra “Brincar e Criar”, convidando crianças de todas as idades, mães e famílias. Tal qual, Dayane Tropicaos ministrará a de tintas naturais; enquanto Fabi Santana, a de pintura de painel coletivo. Todas elas são livres. Não é necessário ter experiência na área de Artes Visuais.

Já a roda de conversa, com o tema “Sempre Estivemos Aqui: Dificuldades e Desafios das Mulheres nas Artes Visuais”, acontecerá na véspera do encerramento da residência Brisa, ou seja, no dia 20 (sábado). Terá, como convidadas, as artistas visuais Yanaki Herrera (nascida no Peru e atualmente cursando Artes Plásticas na UFMG), Clara Valente (formada em Artes Plásticas pela Guignard) e Massuelen Cristina (artista e pesquisadora graduada em Psicologia pela FUMEC). No mesmo dia, também acontecerá a exposição das obras e uma apresentação musical da cantora Dram.

Serviço

Residência artística Brisa: Mulheres em Movimento

Quando. Até 21 de abril 2024

Onde. Parque Ecológico do Eldorado (Rua Paineiras, 753, Eldorado, Contagem). Funcionamento: terça a domingo, das 8h às 17h

Informações: (31) 998995151

14 de abril (domingo)

Oficinas artísticas Brisa, das 10h às 16h

10h às 11h30 – Oficina Brincar e Criar, com Zi Reis

14h às 15h – Oficina de tintas naturais, com Dayane Tropicaos

15h às 16h – Oficina de pintura de painel coletivo, com Fabi Santana

Entrada gratuita – Inscrição no local da atividade

20 de abril (sábado)

13h às 17h – Exposição de trabalhos criados durante a residência “Brisa: Mulheres artistas em movimento”

14h – Roda de conversa – “Sempre Estivemos Aqui: Dificuldades e Desafios das Mulheres nas Artes Visuais”, com as convidadas Yanaki Herrera, Clara Valente e Massuelen Cristina.

15h às 16h –  Apresentação musical da cantora Dram

16h às 17h – Apresentação de DJ.

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]