Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Apostas nacionais em cartaz no FIT 2018

Por Thiago Fonseca*

12/09/2018 às 17:06

Publicidade - Portal UAI
A atriz Ana Regis em Peixes. Crédito: Fabiana Leite

Grande parte da programação do Festival Internacional de Teratro de BH – FIT é composta por espetáculos fora dos eixos tradicionais. Inclusive os brasileiros escolhidos para esta edição. Dessa forma, foram selecionados 10 espetáculos para a Mostra Mineira e outros 10 para a mostra Nacional. Confira nossas apostas:

 

Foto: José Tellys Fagundes / Divulgação

 

A Invenção do Nordeste

O espetáculo ‘A Invenção do Nordeste’ em suma tenta desconstruir imagem estereotipada do nordeste e do nordestino. Dessa forma, traz à cena o debate sobre identidade e xenofobia. Na história, dois atores disputam o papel de nordestino. Durante a preparação para o teste, eles refletem sobre identidade, cultura e história. A peça é do Grupo Carmin, do Rio Grande do Norte, e baseada no livro homônimo do Dr. Durval Muniz de Albuquerque Jr. Uma dica: vá com a mente aberta.

[O QUE] FIT – ESPETÁCULO ‘A INVENÇÃO DO NORDESTE’ [QUANDO] 17 de setembro, às 19h e 18 de setembro, às 19h [ONDE] Teatro Francisco Nunes [QUANTO] R$ 20

[COMPRE AQUI] 

 

Foto: Rodrigo de Oliveira / Divulgação

 

Isto é um negro?

O que é ser negra ou negro na atual sociedade brasileira? É baseado nessa pergunta que o espetáculo se desenvolve. A peça mistura linguagens e formatos diversos, como por exemplo, o uso do stand-up e videoclipe. A montagem foi desenvolvida a partir da produção de pensadores como o camaronês Achille Mbembe, a norte-americana Angela Davis e a brasileira Sueli Carneiro. Acrescente aí a experiência pessoal de cada um dos atores. Segundo o material de divulgação: “Um estudo sobre práticas e temporalidades que incorporam e desincorporam a carne mais barata do mercado”. Interessante!

[O QUE] FIT – ESPETÁCULO ‘ISTO É UM NEGRO? [QUANDO] 18 de setembro, às 21h e 19 de setembro, às 21h [ONDE] Teatro João Ceschiatti [QUANTO] R$ 20

[COMPRE AQUI] 

 

Continua após a publicidade...

 

Foto: Fabiana Leite / Divulgação

 

Peixes

‘Peixes’ é aposta mais forte desta lista. O espetáculo com texto, atuação e direção de Ana Regis fala sobre abusos reais de homens contra mulheres. Não é um espetáculo fácil de se ver. Incomoda. Causa sensações até físicas. Mas é extremamente necessário. Uma peça que todos devem ver. O monólogo ganhou prêmio de melhor texto inédito e melhor atriz no 4º Prêmio Sinparc de Artes Cênicas. Clique aqui e confira a crítica diálogo sobre ‘Peixes’ entre Carolina Braga e Ana Régis.

[O QUE] FIT – ESPETÁCULO ‘PEIXES’ [QUANDO] 15 de setembro, às 20h e 23 de setembro, 17h [ONDE] Teatro Raul Belém Machado – R. Jauá, 80, Alípio de Melo – BH [QUANTO] R$ 20

[COMPRE AQUI] 

 

Foto: Lucas Pacheco / Divulgação

 

Rua das Camélias

O mais legal de ‘Rua das Camélias’ é apropriação do espaço, um hotel que foi prostíbulo por anos. A montagem dirigida por Gabriela Luque retrata o universo da prostituição no famoso modelo de negócio do tipo sobe e desce, na Guaicurus, em Belo Horizonte. O texto nasceu de uma pesquisa realizada com garotas de programa da região. A peça foi feita para ser no hotel e na região, justamente para aguçar as experiências. Ou seja, cada espectador tem uma vivencia diferente e particular.

[O QUE] FIT – ESPETÁCULO ‘RUA DAS CAMÉLIAS’ [QUANDO] 21 de setembro, às 22h e 22 de setembro, às 22h [ONDE] Hotel São Cristóvão [QUANTO] R$ 20

[COMPRE AQUI] 

 

Foto: Luiza Palhares / Divulgação

 

Fuck Her

‘Fuck Her’ é uma performance, ou seja, um espetáculo para observar por algum tempo e refletir. A atriz Ludmilla Ramalho oferece o próprio corpo, nu e estendido no chão, para estimular uma reflexão sobre a objetificação do corpo feminino. Ela está coberta por ração e quarenta pintinhos caminham e se alimentam livremente sobre ela. Não espere grandes ações. Ou seja, a atriz fica atriz deitada, imóvel, até que boa parte da ração seja comida pelas aves. Assim, ‘Fuck Her’ é extremante feminista ao propor a discussão sobre o corpo da mulher por meio de uma metáfora tão forte.

[O QUE] FIT – ESPETÁCULO ‘FUCK HER’ [QUANDO] 21 de setembro, às 19h [ONDE] Museu Mineiro [QUANTO] Gratuito

[COMPRE AQUI] 

Foto: Adriana Moura / Divulgação

 

Sublime Travessia

‘Sublime Travessia’, é um espetáculo de dança e reflete sobre controvérsias do Brasil. De acordo com o material de divulgação, é a necessidade de travessia de um corpo artístico estilizado, potente de intuição e instinto, aguçado de perceptividades eletivas que repousam no campo das afetividades e estão disponíveis para os estímulos brasis. A aposta é forte, uma vez que, Dudude é um dos principais nomes da dança contemporânea em Minas. Tem um modo de pensar o mundo e o movimento muito poético. O espetáculo também ganhou o prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna.

[O QUE] FIT – ESPETÁCULO ‘SUBLIME TRAVESSIA’ [QUANDO] 16 de setembro, às 18h [ONDE] Teatro Raul Belém Machado [QUANTO] R$ 20

[COMPRE AQUI] 

 

Continua após a publicidade...

photo

Teatros apostam em audiodescrição e Libras para inclusão

“Quando não tinha ninguém para ir comigo ao teatro, ficava na dúvida se deveria ir por conta da acessibilidade. Agora já vou sozinha e me sinto mais incluída”, conta Christiane Maria Moreira. É que a lei Nº 13.146, de 6 de julho de 2015, garante para as pessoas com deficiência direito à cultura em igualdade […]

LEIA MAIS
photo

Aderbal Freire-Filho: “O teatro é uma arte do presente e de todos os pontos de vista”

Aderbal Freire-Filho é um homem do teatro. Um profissional que costuma fazer boas escolhas. Especialmente quando o tema é dramaturgia. Assim como foi com Incêndios, é dele também a direção de Céus. A quarta peça da tetralogia escrita pelo dramaturgo Wajdi Mouawad aborda temas como tecnologia e terrorismo. Nesta entrevista, Aderbal aponta as características da […]

LEIA MAIS
photo

Confira as dicas para o seu fim de semana: 07 de dezembro

Nossa Culturadoria do fim de semana destaca muitas atrações de BH. Além da comemoração dos dez anos da DelegasCia, tem o encontro de Titane e Elomar no palco da Sala Minas Gerais. No teatro, destacamos o retorno da peça mais recente do coletivo As Bacurinhas. 14 Bis Acústico Eis outra banda cheia de hits e […]

LEIA MAIS