Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Agenda cultural do fim de semana: 29 de abril a 01 de maio

Gostou? Compartilhe!

Além da retomada da Autêntica, agenda cultural também tem Deborah Colker, Festival de Rock e Fartura em Inhotim

Por Carol Braga | Editora

Agenda Cultural de sexta, 29/04

Reabertura AUTÊNTICA

A reabertura da Autêntica é algo que precisamos celebrar! A nova história da casa de shows começa com ingressos esgotados nesta quinta para o show de Tom Zé e Laura Catarina, mas claro que a agenda continua.

Sexta tem a dobradinha entre Lamparina e Francisco, el Hombre. Vamos combinar que é uma senhora dupla, né. Sábado, também com ingressos esgotados, tem show de Marina Sena, o primeiro em BH depois do estouro nacional. Acho simbólico ser na Autêntica! Vivas! Clique aqui para garantir os ingressos e ficar por dentro da programação completa. 

Ópera

A história do mais importante artista do Barroco Mineiro, Aleijadinho é o tema da nova ópera da Fundação Clóvis Salgado. E a estreia será mais que especial: ao ar livre, em Ouro Preto, no Largo da Igreja de São Francisco de Assis. A obra, inédita, vai contar fatos da vida do Mestre Antônio Francisco Lisboa. Após a estreia, a montagem cumpre temporada no Palácio das Artes, nos dias 14, 16, 18 e 20 de maio de 2022.

Rock Nacional

O Festival Rockstar leva ao Expominas algumas das bandas mais importantes do rock nacional. São elas: Paralamas do Sucesso, Capital Inicial e Barão Vermelho. Elas se apresentarão em sequência a partir das 19h30. Nem precisa acrescentar que só teremos hit nos repertórios, né? Ingressos a partir de R$ 90.

Pixinguinha

O espetáculo Pixinguinha como nunca leva ao CCBB-BH 26 obras inéditas do compositor de Carinhoso. O espetáculo é resultado de uma cuidadosa pesquisa no acervo do compositor que localizou 50 músicas jamais gravadas. 

O show traz Henrique Cazes, com seu cavaquinho,à frente do Sexteto do Nunca, conjunto instrumental completado por Marcelo Caldi (sanfona), Carlos Malta (flauta e sax), Silvério Pontes (trompete e flugelhorn), Marcos Suzano (percussão) e João Camarero (violão de 7 cordas). Em participação especial, o neto de Pixinguinha, Marcelo Vianna. As apresentações serão nos dias 29 e 30, 20h30, no Teatro I. Meia-entrada a R$ 15

Gastronomia

A Plataforma Fartura chega ao Inhotim. As atrações serão sexta, sábado e domingo, com a presença de cinco embaixadores gastronômicos do Itamaraty, um de cada região do país: Morena Leite, Janaina Rueda, Manu Buffara, Saulo Jennings e Paulo Machado. Além de participar de debates eles vão, claro, cozinhar. O horário de funcionamento do Fartura será de 10h às 17h. Saiba todos os detalhes aqui!

Concerto

A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais recebe o regente e Pianista Olli Mustohen no concerto desta quinta. Além de executar o Concerto para piano nº 25 em Dó maior, K. 503, de Mozart, também apresenta Sibelius, a Tapiola, e às variações criadas por Hindemith sobre temas de Weber. Ingressos a partir de R$50. 

Palhaçaria

O Centro Cultural UFMG recebe o ator Rodrigo Robleño. Ele apresenta o solo de rua “Viralata: o palhaço tá solto!”. A entrada é gratuita, nesta sexta, a partir das 18h30, e integra o projeto Baixo Centro En[cena], como parte da programação do Circuito Cultural UFMG.

Ópera Aleijadinho. Foto: Netum Lima

Agenda cultural de sábado, 30 de abril 

Show 

Fernanda Takai estreia em BH o show do disco Será que você vai acreditar? no Cine Theatro Brasil Vallourec. O repertório vai reunir, além das canções do álbum lançado em julho de 2020, outras canções gravadas pela cantora na carreira solo. O repertório inclui pela primeira vez ao vivo “Se o Caso é Chorar” (Tom Zé/Perna) e “Amor Raro” (parceria com Carlinhos Brown) lançadas no ano passado em projetos especiais. Ingressos a partir de R$ 100 aqui!

Mais rock

A Orquestra Mineira de Rock é atração do Palácio das Artes. O show se chama Brasil e, portanto, traz um panorama da música feita por aqui. De acordo com Guilherme Castro, um dos integrantes do grupo, é o show com mais arranjos próprios da história da banda. Meia a partir de R$80 no Eventim

Dança

A Cia de Dança Deborah Colker apresenta o novo espetáculo em BH. Cura nasceu da angústia da coreógrafa em buscar um tratamento para o neto. A dramaturgia é de Nilton Bonder, com trilha sonora de Carlinhos Brown. Cura” trata de ciência, da fé e da luta para superar e aceitar os nossos limites, do enfrentamento da discriminação e do preconceito. O balé está em cartaz no Sesc Palladium, sábado, 21h e domingo, 19h. Ingressos a partir de R$ 25. 

Para crianças

O Grupo Serelepe apresenta Brinquedorias no Teatro Francisco Nunes. O Serelepe é um grupo cênico musical que se dedica à produção artística para crianças desde 2010. Os espetáculos são inspirados em canções e brincadeiras tradicionais do Brasil e de outros países da América Latina. As sessões serão 30 de abril, sábado, às 11h e às 16h30 e e 01 de maio, domingo às 16h30. Os ingressos custam R$ 10 (inteira). 

Agenda Cultural de domingo, 01 de maio

Ar livre

A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais se apresenta na Praça da Savassi neste dia do Trabalhador. O concerto, marcado para às 11h, destaca um repertório nacional. Sendo assim, foram escolhidas obras de Alberto Nepomuceno, Eleazar de Carvalho, Francisco Mignone, Gilberto Mendes, Guerra-Peixe, Lorenzo Fernandez e Carlos Gomes. A regência será do maestro Fabio Mechetti. 

Bonecos

O grupo Giramundo é o convidado da Orquestra Opus para a apresentação da peça “O carnaval dos animais“. Inspirado na “Fantasia para pequena orquestra”, do compositor francês Camille Saint-Sãens (1835–1921), a montagem reúne em uma mesma peça, a maior coleção de marionetes de fio do grupo Giramundo, nesta icônica produção. A apresentação será no Centro Cultural Unimed-BH Minas, dia 1º de maio, domingo, às 16h. A inteira custa R$ 70.

Na Pampulha

O quintal do Museu Casa Kubistchek é o novo cenário do projeto Música no Museu da Pampulha. A retomada será neste domingo, 11h, com o show “LÁ”, da cantora mineira Maíra Manga. A banda também será composta por Felipe José (violoncelo), Luca Raele (clarinete) e Érika Ribeiro (piano). Participação especial de Sergio Santos. 

Stand Up

Nem se a minha vida dependesse disso. Eis o nome do show que Yuri Marçal apresenta neste domingo no Cine Theatro Brasil. Como é de se esperar, ele fala sobre religião, política, desigualdade, racismo e as causas LGBTQI+ e muitos outros temas relevantes para a sociedade de hoje. Ingressos na plateia 2 a partir de R$30.

Cura. Foto: Leo Aversa
Cura. Foto: Leo Aversa

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!