Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Agenda cultural do fim de semana: 29 de abril a 01 de maio

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Além da retomada da Autêntica, agenda cultural também tem Deborah Colker, Festival de Rock e Fartura em Inhotim

Por Carol Braga | Editora

Agenda Cultural de sexta, 29/04

Reabertura AUTÊNTICA

A reabertura da Autêntica é algo que precisamos celebrar! A nova história da casa de shows começa com ingressos esgotados nesta quinta para o show de Tom Zé e Laura Catarina, mas claro que a agenda continua.

Sexta tem a dobradinha entre Lamparina e Francisco, el Hombre. Vamos combinar que é uma senhora dupla, né. Sábado, também com ingressos esgotados, tem show de Marina Sena, o primeiro em BH depois do estouro nacional. Acho simbólico ser na Autêntica! Vivas! Clique aqui para garantir os ingressos e ficar por dentro da programação completa. 

Ópera

A história do mais importante artista do Barroco Mineiro, Aleijadinho é o tema da nova ópera da Fundação Clóvis Salgado. E a estreia será mais que especial: ao ar livre, em Ouro Preto, no Largo da Igreja de São Francisco de Assis. A obra, inédita, vai contar fatos da vida do Mestre Antônio Francisco Lisboa. Após a estreia, a montagem cumpre temporada no Palácio das Artes, nos dias 14, 16, 18 e 20 de maio de 2022.

Rock Nacional

O Festival Rockstar leva ao Expominas algumas das bandas mais importantes do rock nacional. São elas: Paralamas do Sucesso, Capital Inicial e Barão Vermelho. Elas se apresentarão em sequência a partir das 19h30. Nem precisa acrescentar que só teremos hit nos repertórios, né? Ingressos a partir de R$ 90.

Pixinguinha

O espetáculo Pixinguinha como nunca leva ao CCBB-BH 26 obras inéditas do compositor de Carinhoso. O espetáculo é resultado de uma cuidadosa pesquisa no acervo do compositor que localizou 50 músicas jamais gravadas. 

O show traz Henrique Cazes, com seu cavaquinho,à frente do Sexteto do Nunca, conjunto instrumental completado por Marcelo Caldi (sanfona), Carlos Malta (flauta e sax), Silvério Pontes (trompete e flugelhorn), Marcos Suzano (percussão) e João Camarero (violão de 7 cordas). Em participação especial, o neto de Pixinguinha, Marcelo Vianna. As apresentações serão nos dias 29 e 30, 20h30, no Teatro I. Meia-entrada a R$ 15

Gastronomia

A Plataforma Fartura chega ao Inhotim. As atrações serão sexta, sábado e domingo, com a presença de cinco embaixadores gastronômicos do Itamaraty, um de cada região do país: Morena Leite, Janaina Rueda, Manu Buffara, Saulo Jennings e Paulo Machado. Além de participar de debates eles vão, claro, cozinhar. O horário de funcionamento do Fartura será de 10h às 17h. Saiba todos os detalhes aqui!

Concerto

A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais recebe o regente e Pianista Olli Mustohen no concerto desta quinta. Além de executar o Concerto para piano nº 25 em Dó maior, K. 503, de Mozart, também apresenta Sibelius, a Tapiola, e às variações criadas por Hindemith sobre temas de Weber. Ingressos a partir de R$50. 

Palhaçaria

O Centro Cultural UFMG recebe o ator Rodrigo Robleño. Ele apresenta o solo de rua “Viralata: o palhaço tá solto!”. A entrada é gratuita, nesta sexta, a partir das 18h30, e integra o projeto Baixo Centro En[cena], como parte da programação do Circuito Cultural UFMG.

Ópera Aleijadinho. Foto: Netum Lima

Agenda cultural de sábado, 30 de abril 

Show 

Fernanda Takai estreia em BH o show do disco Será que você vai acreditar? no Cine Theatro Brasil Vallourec. O repertório vai reunir, além das canções do álbum lançado em julho de 2020, outras canções gravadas pela cantora na carreira solo. O repertório inclui pela primeira vez ao vivo “Se o Caso é Chorar” (Tom Zé/Perna) e “Amor Raro” (parceria com Carlinhos Brown) lançadas no ano passado em projetos especiais. Ingressos a partir de R$ 100 aqui!

Mais rock

A Orquestra Mineira de Rock é atração do Palácio das Artes. O show se chama Brasil e, portanto, traz um panorama da música feita por aqui. De acordo com Guilherme Castro, um dos integrantes do grupo, é o show com mais arranjos próprios da história da banda. Meia a partir de R$80 no Eventim

Dança

A Cia de Dança Deborah Colker apresenta o novo espetáculo em BH. Cura nasceu da angústia da coreógrafa em buscar um tratamento para o neto. A dramaturgia é de Nilton Bonder, com trilha sonora de Carlinhos Brown. Cura” trata de ciência, da fé e da luta para superar e aceitar os nossos limites, do enfrentamento da discriminação e do preconceito. O balé está em cartaz no Sesc Palladium, sábado, 21h e domingo, 19h. Ingressos a partir de R$ 25. 

Para crianças

O Grupo Serelepe apresenta Brinquedorias no Teatro Francisco Nunes. O Serelepe é um grupo cênico musical que se dedica à produção artística para crianças desde 2010. Os espetáculos são inspirados em canções e brincadeiras tradicionais do Brasil e de outros países da América Latina. As sessões serão 30 de abril, sábado, às 11h e às 16h30 e e 01 de maio, domingo às 16h30. Os ingressos custam R$ 10 (inteira). 

Agenda Cultural de domingo, 01 de maio

Ar livre

A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais se apresenta na Praça da Savassi neste dia do Trabalhador. O concerto, marcado para às 11h, destaca um repertório nacional. Sendo assim, foram escolhidas obras de Alberto Nepomuceno, Eleazar de Carvalho, Francisco Mignone, Gilberto Mendes, Guerra-Peixe, Lorenzo Fernandez e Carlos Gomes. A regência será do maestro Fabio Mechetti. 

Bonecos

O grupo Giramundo é o convidado da Orquestra Opus para a apresentação da peça “O carnaval dos animais“. Inspirado na “Fantasia para pequena orquestra”, do compositor francês Camille Saint-Sãens (1835–1921), a montagem reúne em uma mesma peça, a maior coleção de marionetes de fio do grupo Giramundo, nesta icônica produção. A apresentação será no Centro Cultural Unimed-BH Minas, dia 1º de maio, domingo, às 16h. A inteira custa R$ 70.

Na Pampulha

O quintal do Museu Casa Kubistchek é o novo cenário do projeto Música no Museu da Pampulha. A retomada será neste domingo, 11h, com o show “LÁ”, da cantora mineira Maíra Manga. A banda também será composta por Felipe José (violoncelo), Luca Raele (clarinete) e Érika Ribeiro (piano). Participação especial de Sergio Santos. 

Stand Up

Nem se a minha vida dependesse disso. Eis o nome do show que Yuri Marçal apresenta neste domingo no Cine Theatro Brasil. Como é de se esperar, ele fala sobre religião, política, desigualdade, racismo e as causas LGBTQI+ e muitos outros temas relevantes para a sociedade de hoje. Ingressos na plateia 2 a partir de R$30.

Cura. Foto: Leo Aversa
Cura. Foto: Leo Aversa

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!