Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Festival Abraça homenageia vítimas da tragédia de 2019

Gostou? Compartilhe!

Programação do Abraça acontece nos dias 25 e 26 de maio, com feira gastronômica, espetáculos de circo, teatro e música

Fortalecer laços e manter acesa a memória. Esses são os principais objetivos do Festival Abraça, que será realizado pela primeira vez em maio deste ano, em três diferentes cidades mineiras. A programação começa em Brumadinho e Sarzedo, respectivamente nos dias 25 e 26 de maio, sábado e domingo, com diversas atividades culturais gratuitas para toda a família. A lista inclui apresentações de teatro, circo e música, feira gastronômica, oficinas e atividades infantis.

No dia 30, quinta-feira, em Belo Horizonte, o encerramento fica por conta da apresentação musical “Canto Negro Para Milton Nascimento”, do cantor e multiartista Sérgio Pererê. Ele convida, ao palco do Grande Teatro do Sesc Palladium, a cantora baiana Luedji Luna e as cantoras e instrumentistas mineiras Nath Rodrigues e Thamiris Cunha. A apresentação é gratuita.

Sérgio Pererê interpreta canções de Milton Nascimento (Tamás Bodolay/Divulgação)
Sérgio Pererê interpreta canções de Milton Nascimento (Tamás Bodolay/Divulgação)

Memória

O Abraça é realizado em parceria com a Avabrum (Associação dos Familiares de Vítimas e Atingidos da Tragédia do Rompimento da Barragem Mina Córrego Feijão de Brumadinho). Assim, o festival integra as ações do projeto Legado de Brumadinho, que desde 2022 se dedica à honra das 272 vítimas da tragédia ocorrida em 2019, na cidade mineira. “Desse modo, o Festival Abraça é uma forma de nos unirmos em respeito à memória daqueles que tiveram seus sonhos interrompidos. Inclusive, muitos deles na área cultural, exercidos nos intervalos de trabalho. Como, por exemplo, nosso amigo Adnilson Barbosa, que amava tocar e cantar”, afirma Nayara Porto, vice-presidente da Avabrum.

Mobilização

Coordenadora do projeto Legado de Brumadinho, Luciana Veloso defende a importância das ações culturais no âmbito da luta dos familiares, em iniciativas como Abraça. “A cultura se faz presente na vida de todas as pessoas, apresentando-se em sua dimensão simbólica, estética e política na vida dos indivíduos e comunidades”. Desse modo, prossegue Nayara, é através da cultura que a população se expressa, apresenta pontos de vista e constrói estratégias de mobilização social.

“Potencializando, assim, a importância da preservação da memória como patrimônio cultural de um povo”, ressalta. “Graças aos esforços da comunidade, Brumadinho tem tido grande visibilidade em todo o país, o que mobiliza muitos artistas, produtores e formadores de opinião a se aproximarem da luta pelo não esquecimento”, completa.

Programação

Em Brumadinho, no dia 25 de maio, sábado, entre 14h e 20h, no Festival Abraça, a Praça da Saudade recebe diversas atividades gratuitas de cultura e lazer. A programação inclui os espetáculos “Elefanteatro”, do grupo de teatro de bonecos Pigmaleão. Tal qual, o “Circo de Família”, da trupe circense Cia Circunstância; e “Naquele Bairro Encantado – Ensaio Para uma Seresta”, do Grupo Teatro Público. Haverá, ainda, cortejos de congado; feira gastronômica e de produtos da economia solidária; oficina de suculentas, com Projeto Acamares.

Do mesmo modo, o Abraço, por lá, prevê exposição de estandartes, com a artista plástica Chris Tigra; e atividades infantis. O encerramento fica com o concerto “Música de Cinema”, da Orquestra de Sarzedo, que mistura cinema mudo e música clássica.

Sarzedo

No dia 26, domingo, o Festival Abraça chega a Sarzedo com uma programação cultural gratuita que ocupa a Praça do Mirante Santo Antônio das 9h às 15h. Além da feira gastronômica e de produtos locais, haverá atividades infantis, como oficina de bolhas e brincadeiras tradicionais, com o grupo Atrás do Pano. Do mesmo modo, duas apresentações musicais – da dupla sertaneja Erick e Rafael e da Banda MP4.

O festival Abraça também contará com a exposição do “Hacklab Volante”, projeto do projeto do designer e artista visual Fred Paulino. Ele utiliza um micro-ônibus adaptado como galeria de arte e tecnologia, inspirado nos estudos de “gambiologia”. Trata-se de uma abordagem contemporânea de criação das populares gambiarras.

Serviço

Festival Abraça

Brumadinho

Dia 25 de maio, sábado, das 14h às 20h

> Praça da Saudade

Gratuito e aberto ao público

Sarzedo

Dia 26 de maio, domingo, das 9h às 15h

> Praça do Mirante Santo Antônio

Gratuito e aberto ao público

Belo Horizonte

> Dia 30 de maio, quinta-feira, às 20h

> Grande Teatro do Sesc Palladium

Entrada franca, mediante retirada de ingressos no dia da apresentação, a partir das 12h, pela Sympla ou na bilheteria do Sesc Palladium

Gostou? Compartilhe!

[ COMENTÁRIOS ]

[ NEWSLETTER ]

Fique por dentro de tudo que acontece no cinema, teatro, tv, música e streaming!

[ RECOMENDADOS ]