fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

Com homenagem a Babu Santana, começa Mostra de Cinema de Tiradentes

Por espculturadoria

20/01/2018 às 13:18

Publicidade - Portal UAI
Foto Beto Staino/Universo Produção

Olhares da comunidade cinematográfica brasileira se voltam novamente para a cidade histórica mineira

 

Babu Santana chorou. Estava cercado da família, dos amigos. Não escondeu o quanto a escolha do nome dele como homenageado da Mostra de Cinema de Tiradentes em 2018 o surpreendeu. O momento foi um dos mais marcantes na abertura da 21ª edição. Como sempre, uma noite marcada por discursos políticos, anúncios de novas possibilidades de patrocínios para o audiovisual e, sobretudo, da arte como posicionamento.

Com vasta experiência na TV e no cinema, Babu Santana é mais conhecido do público por ter interpretado Tim Maia no filme homônimo de Mauro Lima, em 2014. Bem-humorado e visivelmente emocionado diante dos aplausos calorosos, o ator falou sobre os desafios encontrados ao longo de sua trajetória. Por ser um artista de origem humilde e fora dos padrões de beleza, ele diz conhecer bem o preconceito e a necessidade de provar seu talento constantemente.

A intensificação do movimento nas ruas de Tiradentes durante o mês de janeiro é uma tradição que este ano completa 21 anos. A cidade mineira é o lugar em que todos os profissionais e admiradores de cinema do país querem estar durante a realização da Mostra de Cinema de Tiradentes.

A energia e a expectativa do público são quase tão contagiantes quanto à alegria dos comerciantes locais, cujos lucros devem ir às alturas nesse período. Quanto maior a dificuldade de se transitar pelos espaços, maior o sorriso no rosto deles.

A onda de aplausos que antecedeu o inicio da cerimônia de abertura foi um indicativo da empolgação do público para dar largada ao evento.

 

 

 

Investimentos no audiovisual

A Mostra de Tiradentes começou com uma boa nova para quem participa da cadeia do cinema. O Governo do Estado, por meio da Codemig (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais) vai investir R$ 16,5 milhões no audiovisual mineiro. Serão selecionados 12 projetos inéditos. As inscrições começam no dia 24 de janeiro no site do órgão.

 

Continua após a publicidade...

 

Abertura da Mostra de Cinema de Tiradentes com o filme 'Café com canela'

Abertura da Mostra de Cinema de Tiradentes com o filme ‘Café com canela’. Foto Leo Lara/Universo Produção

 

A temática

O tema de 2018 é o “Chamado Realista”.  Refere-se a uma tentativa de aproximar a produção audiovisual à realidade brasileira, utilizando formatos e estilos variados. Sendo assim, é esperado que questões como conflitos políticos, sociais, religiosos e raciais sejam recorrentes nas produções exibidas ao longo da mostra.

“Obrigado” foi a palavra mais ouvida durante a cerimônia. A gratidão de todos que sobem ao palco é visível. Mostra a importância do evento para o cenário audiovisual brasileiro. É uma grande vitrine para os jovens talentos.

 

 

Sessão de abertura

“Café com canela’, dosbaianos Ary Rosa e Glenda Nicácio, foi o filme de abertura. Eles são exemplos de cineastas da nova geração que tiveram a oportunidade de usufruir da visibilidade da Mostra. Contam histórias de  personagens que sofrem perdas e precisam seguir em frente. O filme lança um olhar sensível e poético ao sentimento de luto e a todo o sofrimento decorrente dele.

O “realismo” se expressa na dor dos personagens, cada um deles lidando com sua própria perda. A narrativa brinca com a linearidade e flerta com o surrealismo. Apresenta cenas de sonhos e alucinações que representam de forma contundente a perspectiva dessas pessoas que precisam lidar com a saudade e reaprender a viver.

Babu Santana está quase irreconhecível na pele de um homossexual. O personagem perde o marido. A escolha do filme para a ocasião se justifica de forma surpreendente através de uma cena em que a personagem Margarida (Valdinéia Soriano) faz uma bela declaração de amor ao cinema. Para ela, a sétima arte é um refúgio do sofrimento. A emoção que tomou conta da sala foi a prova de que a ocasião não poderia ser mais adequada.

 

*Viajou a convite da Mostra de Cinema de Tiradentes.

 

 

Continua após a publicidade...

photo

Documentários sobre Bethânia e Adoniran são ovacionados na CineOP

A CineOP é uma Mostra voltada para o cinema como patrimônio e faz um resgate histórico sobre o tema de cada edição. Assim, a maioria dos filmes em exibição não são inéditos. Mas há alguns. As pré-estreias destacadas nesta edição foram  ‘Fevereiros’, de Marcio Debellian, e ‘Adoniran – Meu nome é João Rubinato’, de Pedro Serrano. […]

LEIA MAIS
photo

Para além dos protestos: as especulações sobre os filmes favoritos ao Globo de Ouro

É bem provável que os comentaristas de moda que costumam fazer a festa no tapete vermelho do Globo de Ouro exercitem variações sobre o mesmo tema em 2018. “Meryl Streep usa um pretinho básico”. “Saoirse Ronan ousa no preto”. E assim por diante com Jessica Chastain, Emma Stone, Frances McDormand, Michelle Williams, Nicole Kidman, Margot […]

LEIA MAIS
photo

Nossas dicas para a sua agenda cultural: 28 de junho

Nas nossas dicas deste fim de semana você vai perceber como Belo Horizonte tem se destacado na agenda nacional. Certamente, pelo menos duas das atrações que selecionamos por você, são super estreias de temporadas. Antes de mais nada, no teatro, precisamente no CCBB, a Cia. Barca dos Corações Partidos inicia por aqui a trajetória do […]

LEIA MAIS
photo

Lu e Vitor Cafaggi comentam adaptação de ‘Turma da Mônica -Laços’ para o cinema

A graphic novel mais vendida do país. Bem, este era o “posto” ocupado por Laços, trabalho dos irmãos Lu e Vitor Cafaggi. Aqui cabe o passado pois a história criada pelos roteiristas e desenhistas mineiros foi a escolhida para o primeiro filme em live-action da Turma da Mônica. O que isso significa? Que além do […]

LEIA MAIS
photo

Stranger Things 3: cinco apostas para a temporada

As férias de Julho estão aí. Aliás, para muitos, o período de férias também significa colocar os seriados em dia. E nada melhor do que começar por Stranger Things, um dos maiores sucessos de público da Netflix. Desde que foi lançada, em 15 de Julho de 2016, a trama de Matt e Ross Duffer criou […]

LEIA MAIS
photo

Yanã Bar: força feminina, feminismo e misticismo em um único lugar

A ideia de conceito e marca representam a alma do negócio. Quando os dois termos não se misturam temos a falta de identidade, que é fator decisivo para perda de público. E esse processo de criação não é simples, mas é preciso ousar. Imagine então quando duas sócias decidiram criar uma deusa com nome baseado […]

LEIA MAIS