fbpx
Curadoria de informação sobre artes e espetáculos, por Carolina Braga

5ª Mostra de Cinema Feminista: você não pode perder a nova edição

De volta ao Sesc Palladium, a Mostra de Cinema Feminista chega a sua quinta edição, 'Mulheres Valentes', e contará com convidados especiais como Duda Salabert

Por espculturadoria

18/05/2019 às 15:32

Publicidade - Portal UAI
Foto: Cardês Amâncio / Divulgação.

A 5ª Mostra de Cinema Feminista já chegou ao Sesc Palladium e por lá estará em cartaz até o dia 26 de maio. O tema da edição deste ano é ‘Mulheres Valentes’. Entre as homenageadas, Marielle Franco, Nise da Silveira, Sônia Guajajara, Indianara Siqueira e Maria da Penha. Serão exibidos 82 filmes dirigidos por mulheres. As sessões serão diárias, com três filmes exibidos por dia entre 16h e 22h.

A Coletiva Malva é quem idealizou e organiza o evento desde a primeira edição. Formada por quatro mulheres, possui um trabalho sensível, humano, inteligente e muito ousado. Uma das organizadoras, Mirela Perschini conta que a temática que norteia esta edição foi inspirada por um dos filmes em cartaz. Vem de ‘Blessy’, cuja trama conta sobre o tráfico de seres humanos.

“A assinatura final desse filme liga as mulheres que vão à luta”, ressalta. Assim, ela, Rita Boechat, Letícia Souza e Daniela Pimentel encontraram o motivo da mostra deste ano. “Já começamos a curadoria com chave de ouro”, brinca. Analogamente, o momento atual do país – em que os números de feminicídio só crescem – também levou à escolha das homenageadas, que contam com trajetórias de luta pelas mulheres e seus direitos.

O lugar social das mulheres

“A mostra olha o feminismo levando em consideração os lugares sociais que essas mulheres pertencem, todos os lugares que as mulheres estão inseridas”, afirma Mirela. Dessa forma, é mais do que seguro dizer que o evento tem tudo para fazer o público refletir. “A mulher não é fechada num quadradinho, é uma criatura de liberdade, de trocas muito grandes”, diz.

De acordo com Mirela, as mulheres no audiovisual contam a narrativa de outras mulheres com mais gentileza. Sendo assim, a programação oferece opções que seguem sentido oposto docinema estereotipado em que elas nunca são as heroínas, nunca são as protagonistas.

A inclusão e a diversidade de trabalhos da Mostra

No dia 24 de maio a  Mostra de Cinema Feminista promove o debate “Transvida”, com participação da educadora Duda Salabert e o professor de filosofia Raul Capistrano. “A gente quer dar um lugar de sala para todas as pessoas”, enfatiza Mirela. Aliás, a diversidade também está presente nas sessões. “Animações geralmente são adultas e esse ano nós recebemos tanto animações adultas quanto para todos os públicos. Teremos um filme de terror, sessão para o público infantojuvenil”, descreve.

Vale destacar a animação brasileira Opárá de Osún, que Mirela classifica como um “filme bonito” e que possui “uma linda cosmologia”. Ademais, o machismo e sua cadeia de questões sociais terá uma perspectiva interessante em Meninos que gostam de meninas. De acordo com Mirela, seria positivo se os homens debatessem mais sobre sua própria masculinidade. “A gente só vai chegar na equidade quando os homens falarem sobre a sua masculinidade, sobre seus sentimentos, etc”, reflete.

A programação

A 5ª Mostra de Cinema Feminista vai até o dia 26 de maio no Sesc Palladium. Todos os detalhes sobre a Mostra estão no site da Coletiva Malva.

 

Foto: Filme ‘Como o Sol’ / Divulgação.

photo

Cinco motivos para você explorar o universo da Dreamworks no CCBB

Banguela, Soluço, Shrek, Melman, Po. Se você gosta de um desses personagens  de filmes como ‘Como treinar seu dragão’, ‘Shrek’, ‘Madagscar’ ou de tantos outros do universo criado pela Dreamworks pode abrir o sorriso. A exposição que o ocupa o Centro Cultural Banco do Brasil até o dia 29 de julho vai apresentar o avesso […]

LEIA MAIS
photo

Yukai inova e cria rodizio vegano de comida japonesa

Atender a demanda do público é sempre uma boa opção para qualquer segmento alimentício. Todos saem ganhando, não é mesmo?  E sabe aquela magia de comer sushi, yakissoba, Hot Philadelphia e as várias outras opções de comida japonesa? Então, agora ela pode ser experimentada pelo público vegano! O Yukai Cozinha Japonesa foi o primeiro restaurante de […]

LEIA MAIS
photo

Pato Fu faz show gratuito no UniBH nesta segunda

O Campus Aberto, projeto do UniBH que promove o encontro da comunidade com a música e a cultura, terá uma atração de peso na próxima segunda (20/05). O Pato Fu fará o show de abertura do Congresso Internacional da Acinnet, que este ano será realizado no Campus Buritis. A apresentação gratuita (mediante lotação) está marcada […]

LEIA MAIS