João das Neves em cena. Foto: Daniel Brito/Divulgação
21 out 2016

A volta de João das Neves à vida de ator

João das Neves em cena. Foto: Daniel Brito/Divulgação

João das Neves em cena. Foto: Daniel Brito/Divulgação

Lá se vão 25 anos desde que João das Neves pisou no palco como ator. Até que, por coincidência, Lazarillo de Tormes, texto do século XVI, de um autor anônimo, arrebatou o artista de 82 anos. “Brincamos de fazer teatro o tempo todo. É muito gratificante e profundo”, revela. Pronto, João está de volta à interpretação.

Ele se define como um homem de teatro. Como tal, se reconhece no cordel, nas manifestações indígenas, nas culturas afro-brasileira, nas pichações de rua, no hip-hop e em tudo que aparece como manifestação artística. Tudo diz respeito ao que ele é, não ao que procura ser.

Por isso a montagem que ocupa o palco Sesc Palladium, somente na noite desta sexta (21) mistura diversas linguagens. Tem máscaras, referências à cultura popular, literatura de cordel e até hip-hop. Com o detalhe de contar uma história do século XVI com fidelidade ao texto.

“Não é um personagem do seculo XVI, mas de hoje. Fala de uma maneira crítica de todas as mazelas que estamos vivendo”, define o ator e diretor.

Completam o elenco os atores Glicério Rosário e Rodrigo Cohen. Como será apenas uma sessão a previsão é que a montagem volte para temporada em Belo Horizonte em março de 2017.

No vídeo gravado especialmente para o Culturadoria, João das Neves comenta mais sobre o espetáculo e as motivações sobre a volta ao palco.

Lazarillo de Tormes
Sexta (21), às 21h, no Grande Teatro do Sesc Palladium, Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro, (31) 3214-5350. Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia).

 

Gostou? Compartilhe!

Artigos Relacionados

Espetáculo ‘Grande Sertão: Veredas’, da diretora Bia Lessa, chega a BH

Na lista das montagens mais marcantes vistas em 2017, não restam dúvidas. A versão que a diretora Bia Lessa fez para Grande Sertão: Veredas. Sim, o livro de Guimarães Rosa. Sim, é um desafio enorme que a encenadora dominou. E como! O Grande Sertão de Bia é uma instalação. Em sua versão original, os espectadores […]

Leia Mais

Um norte para você não se perder na programação dos três festivais de teatro em cartaz em junho

A programação teatral de junho em Belo Horizonte, e principalmente, em Contagem, na região metropolitana, será de grande movimentação. Três importantes festivais de artes cênicas entram em cena praticamente juntos. O ‘La Movida In Box’ chega em Contagem, no dia 8 de junho e fica até o dia 10. O ‘Trama Festival’ também ocupa os espaços da […]

Leia Mais

BH ganha sala de teatro dedicada a monólogos

É nítido o crescimento de monólogos nos últimos anos pelo Brasil afora. Da mesma forma, o cenário em Belo Horizonte não é diferente. Com o intuito de fomentar essa produção o Galpão Cine Horto inaugura nesta quinta-feira, dia 17, a Sala ‘Solo’. O espaço pioneiro na cidade pretende acolher e ajudar a dar corpo à produção […]

Leia Mais

Comentários