Dicas para curtir o Verão Arte Contemporânea 2017

A primeira impressão ao ver a programação do Verão Arte Contemporânea 2017 é o como o evento encontrou seu formato e a cada edição reforça um modelo de festival que deu certo. O negócio do Vac é “incentivar a criação artística local, a pesquisa e a experimentação das artes”.

O que às vezes pode dificultar o planejo de uma programação para você curtir o evento é justamente essa dose de “experimentação”. O VAC espera espectadores que estejam abertos para o novo. Por isso é mais difícil fazer destaque de algumas atrações.

O Verão Arte Contemporânea (VAC) será entre os dias 20 de janeiro e 19 de fevereiro de 2017. Serão ocupados 15 espaços culturais da cidade, com 31 atrações de Belo Horizonte e participação de artistas de outros estados como Rio de Janeiro (RJ), Espirito Santo (ES) e Piauí (PI) e um convidado do exterior (França).

Ressalto que por um critério pessoal, recomendo aqui alguns eventos. São minhas apostas e, portanto, muito provavelmente estarei na plateia.

Margem, com Cia Suspensa. Crédito: Guto Muniz

Margem, com Cia Suspensa. Crédito: Guto Muniz

 Margem, com Cia Suspensa

A leveza estética e a consistência conceitual dos trabalhos da Suspensa sempre me surpreendeu. Neste caso veremos uma pesquisa sobre os limites entre corpos e objetos. As margens que definem coisa e gente.

[O QUE] Margem, com Cia Suspensa. [QUANDO] 9 a 12 de fevereiro. Quinta a sábado às 21h e domingo às 19h [ONDE] Palácio das Artes – Teatro João Ceschiatti. [QUANTO] R$ 20 (inteira) R$ 10 (meia).

Titane e Túlio Mourão. Crédito: Elaine Gouveia

Titane e Túlio Mourão. Crédito: Elaine Gouveia

Paixão e fé, com Titane e Túlio Mourão

Há muito tempo não tenho notícias de um trabalho inédito de Titane. O encontro com o pianista Túlio Mourão promete. Ainda mais quando o repertório é formado por canções das manifestações populares, área em que ela dedica atenção e pesquisa.

[O QUE] Paixão e fé, com Titane e Túlio Mourão. [QUANDO] 28 de jan, sábado às 21h. [ONDE] Teatro Bradesco. [QUANTO] R$ 20 (inteira) R$ 10 (meia)

Ricochete - Foto Igor Ayres

Ricochete! de Rita Clemente

Vi a leitura deste texto no Janela de Dramaturgia e fiquei muito curiosa. É uma trama dinâmica, com diálogos rápidos, personagens cheios de camadas emocionais que despertou meu interesse em vê-la montada. Rita Clemente assina a dramaturgia, dirige e divide a cena com Marcio Monteiro e Ramon Brant.

[O QUE] Richochete! de Rita Clemente. [QUANDO] 21 a 23 de janeiro. Sábado a segunda, às 19h. [ONDE] Centro Cultural Banco do Brasil – Sala Multiuso. [QUANTO] R$ 20 (inteira) R$ 10 (meia)

Fauna do grupo Quatroloscinco - Teatro do Comum. Crédito: Guto Muniz

Fauna do grupo Quatroloscinco – Teatro do Comum. Crédito: Guto Muniz

Fauna, Grupo Quatroloscinco – Teatro do Comum

Pelo boca a boca que rolou na cidade na época em que Fauna esteve em cartaz não posso deixar de ver. É o espetáculo do Quatroloscinco que a companhia verticaliza a relação com a plateia.  

[O QUE] Fauna, Grupo Quatroloscinco – Teatro do Comum. [QUANDO] 26 de janeiro a 05 de fevereiro. Quinta a sábado às 20h e domingo às 19h. [ONDE] Galpão Cine Horto. [QUANTO] R$ 20 (inteira) R$ 10 (meia).

Horror Vacui Hamlet com Cia Teatro Adulto. Crédito: Guto Muniz

Horror Vacui Hamlet com Cia Teatro Adulto. Crédito: Guto Muniz

Horror Vacui HAMLET com Companhia Teatro Adulto

A peça promove diálogo entre ‘Hamlet’ e ‘Assim falava Zaratustra’. Ou seja, pura ousadia. A nova montagem da Companhia Teatro Adulto, tem direção de Cynthia Paulino, com o ator Luiz Arthur na pele do príncipe da Dinamarca. Ele está acompanhado no palco de oito jovens atores, entre 21 e 33 anos.

[O QUE] Horror Vacui HAMLET com Companhia Teatro Adulto. [QUANDO] 25 a 27 de janeiro. Quarta a sexta às 19h. [ONDE] Centro Cultural Banco do Brasil – Sala Multiuso. [QUANTO] R$ 20 (inteira) R$ 10 (meia)

19:45 com Miúda Companhia. Crédito: Mateus Santos.

19:45 com Miúda Companhia. Crédito: Mateus Santos.

19:45! com Miúda Cia.

A montagem é a segunda da carreira da Miúda e criada como conclusão de curso do Cefart. A trama parte de um acidente e os desdobramentos na vida de pessoas comuns. Texto e direção de Rita Clemente.

[O QUE] 19:45! com Miúda Cia. [QUANDO] 10 a 12 de fevereiro. Sexta a domingo às 19h45. [ONDE] Galpão Cine Horto. [QUANTO] R$ 20 (inteira) R$ 10 (meia)

 

 

Um comentário em “Dicas para curtir o Verão Arte Contemporânea 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.