08 dez 2016

Mozart é pop. Duvida?

Orquestra Filarmônica de MG

A notícia divulgada pela Revista Billboard de que a coleção “Mozart 225: The new complete edition” é a campeã de vendas em 2016 não deixa de ser curiosa. O compositor morreu em 1791, aos 35 anos e continua poderoso.

Por mais que sejam 225 CDs, com vendas computadas isoladamente, quando Mozart desbanca grandes astros da música pop contemporânea é mais um sinal de que popularidade – além de genialidade e vários outros atributos – é o forte.

Sexta e sábado a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais interpreta uma obra inacabada dele. Advinha? Os ingressos para apresentação de sábado já estão esgotados e, por isso, haverá a sessão extra na sexta. O compositor austríaco foi o homenageado do ano na série “Fora de série”.

O maestro Fabio Mechetti será o regente. Serão executados os concertos A Clemência de Tito, K. 621: Abertura; Concerto para clarinete em Lá maior, K. 622, e o Requiem, K. 626 com participação do clarinetista principal da Orquestra, Marcus Julius Lander, da soprano Mariana Ortiz, da mezzo-soprano Luisa Francesconi, do tenor Luciano Botelho, do baixo Saulo Javan e do Coral Concentus Musicum de Belo Horizonte, sob regência de Iara Fricke Matte.

Todas as obras foram compostas no ano de morte dele, em 1791. O Requiem, K. 626 é uma das missas mais famosas de Mozart. Encomendada naquele ano foi deixada incompleta e finalizada por Franz Xaver Süssmayr, um dos discípulos do austríaco.

Serviço

O QUE? Filarmônica De Minas Gerais apresenta “Requiem”, de Mozart. QUANDO? 9 dez, 20h30 e 10 dez 18h. ONDE? Sala Minas Gerais (Rua Tenente Brito Melo, 1090, Bairro Barro Preto, (31) 3219-9000). QUANTO? Entre R$ 17 (meia) e R$ 98 (inteira).

Gostou? Compartilhe!

Artigos Relacionados

Rodeada de mulheres, Julia Branco, de Todos os Caetanos, chega ao primeiro disco solo

Mariana Peixoto* Júlia Carreira solo como cantora ok, mas compositora também? Esta foi a proposta que Julia Branco, cantora do grupo Todos os Caetanos do Mundo, recebeu do produtor Chico Neves. “Ele queria que eu gravasse uma afirmação do meu lugar de compositora, coisa que nos Caetanos era meio tímida”, comenta ela. Dessa forma, o […]

Leia Mais

Leve e antenado: uma conversa com Silva e seu Brasileiro

“Você sabe que mineiro e capixaba tem uma história, né? Amor de verão”, brinca o simpático Silva assim que atende o telefone. A leveza com que ele se apresenta à conversa sintetiza não apenas o que o artista é, mas também o que produz. Silva é leve. O tema da conversa é Brasileiro, o quinto […]

Leia Mais

Transmissão de jogos da Copa em BH terá shows de IZA e Jota Quest de graça

O clima da Copa do Mundo de futebol, aos poucos, vai dando os primeiros sinais. Sendo assim, vários produtores culturais aproveitaram o evento esportivo para realizar as transmissões dos jogos do Brasil com uma pegada cultural. Em Belo Horizonte uma das opções será o Mineirão Arena Nº 1 Brahma. Na programação da primeira fase o […]

Leia Mais

Comentários