09 fev 2017

Tem cinema de graça e de qualidade no Sesc Palladium até o fim de fevereiro

Cena de A História da Eternidade. Crédito: Sesc Palladium

Demorei um pouco para me dar conta de que a programação da Mostra de cinema Nacional em cartaz no Sesc de Belo Horizonte merece um pouco mais da nossa atenção. É que serão exibidas produções que tiveram carreira bem sucedida por festivais, entraram em cartaz e, como é comum, são filmes de baixa performance comercial. Resultado: piscaram nas salas e muita gente ainda não viu.

Aquele tipo de filme que você comenta empolgada com os amigos, as pessoas querem ver, te perguntam onde está passando e você não sabe responder. É uma situação muito comum na minha vida.

Nesta sexta, por exemplo, será exibido o documentário Últimas conversas, com derradeiro documentário dirigido por Eduardo Coutinho. Ele entrevista diversos estudantes do ensino médio carioca querendo saber sobre as vidas atuais e as expectativas de futuro. O longa foi lançado depois da morte brutal de Coutinho, assassinado pelo próprio filho em 2014.

No sábado, destaque para o cinema produzido no nordeste brasileiro. Serão exibidos A história da eternidade, de Camilo Cavalcante e Tatuagem, de Hilton Lacerda. Ambos protagonizados por Irandhir Santos.

Casa Grande, com direção de Felipe Barbosa. Crédito: Sesc Palladium

Domingo tem outra dobradinha de categoria: Branco sai, preto fica, de Adirley Queirós e Casa Grande, de Felipe Gamarano Barbosa. São longas que parecem não se comunicar mas que tem seus pontos em comum. Relação entre dominados e dominadores.

Tudo bem que também estão na lista produções mais comentadas e conhecidas como Hoje eu quero voltar sozinho, de Daniel Ribeiro e O som ao redor, de Kleber Mendonça Filho. De toda forma, em geral são filmes que dificilmente você terá acesso pela televisão ou outro meio.

Aproveite, vá ao cinema porque ainda por cima é de graça!

Programação Mostra Nacional

10/2, 18/2 e 23/2: Eles Voltam

15/2: Sudoeste

16/2: O lobo atrás da porta

16/2: Super Nada

19/2: O fim e o princípio

11/2, 19/2 e 21/2: A História da Eternidade

12/2, 17/2 e 22/2: Branco Sai, Preto Fica

12/2, 17/2 e 23/2: Casa Grande

10/2 e 18/2: Últimas conversas

11/2, 14/2 e 24/2: Tatuagem

14/2 e 22/2: Hoje eu quero voltar sozinho

15/2 e 21/2: O Som ao Redor

[O QUE] Mostra de Filmes Nacionais. [QUANDO] Até 24 de fevereiro. [ONDE] Sesc Palladium (Av. Augusto de Lima, 420, Centro). [QUANTO] Grátis, com retirada de ingressos 30 minutos antes da sessão.

Gostou? Compartilhe!

Artigos Relacionados

Cinco peças da Campanha que o Culturadoria viu e recomenda

Nightvodka A parceria do Grupo Armatrux com o diretor Eid Ribeiro é de longa data. Mesmo assim, eles conseguiram sair de uma zona de conforto para fazer Nightvodka. O espetáculo se inspira na literatura de Svetlana Alexijevich. É um potente flerte com a performance. Quando vi achei a primeira parte da peça um pouco arrastada, […]

Leia Mais

Política cultural chama atenção no lançamento da Campanha de Popularização 2018

As novidades anunciadas na abertura da Campanha de Popularização estão muito mais no campo da legislação cultural do que propriamente no cardápio de atrações artísticas. Em 2018 o tradicional evento da cidade vai até o dia 04 de março. A expectativa é que atraia 250 mil espectadores durante as oito semanas. O café da manhã […]

Leia Mais

“O Rei da Vela”: Antropofagia Oswaldiana revisitada

Por Márcia Mendonça O que há em comum entre a montagem da peça O Rei da Vela, de 1967, e a de hoje? Qual a atualidade do texto de Oswald de Andrade? São épocas, espaços e contextos diferentes. Cinquenta anos separam a estreia do espetáculo, na turbulenta década de 1960, na capital paulista, da remontagem de […]

Leia Mais

Comentários