O Grupo Galpão será homenageado no Prêmio Shell pela trajetória de 35 anos de teatro. Crédito: Guto Muniz
14 mar 2017

Grupo Galpão recebe Prêmio Shell no Rio e volta ao cartaz com ‘Nós’

O Grupo Galpão será homenageado no Prêmio Shell pela trajetória de 35 anos de teatro. Crédito: Guto Muniz

Hoje, 14 de março de 2017, é um dia especial para toda a equipe do Grupo Galpão. A companhia mineira recebe no Rio de Janeiro o Prêmio Shell. Não em qualquer categoria. O Galpão é o homenageado na 29a edição deste que é considerado o principal prêmio dedicado às artes cênicas do país. Afinal, são 35 anos de teatro.

Os atores Eduardo Moreira, Inês Peixoto, Teuda Bara e Lydia Del Picchia representarão todo o grupo no Rio.

Já comentei isso em outro post e reafirmo: o momento não poderia ser mais oportuno para o Galpão receber um Shell. Nós, o espetáculo mais recente e que volta ao cartaz este fim de semana no Galpão Cine Horto, é uma prova inquestionável de maturidade cênica.

Acompanho a carreira do Galpão desde Romeu e Julieta. Nunca vi a companhia olhar tanto para si e entregar ao público algo que fala tanto de todos. Nós é um nome bastante adequado. Quem ainda não viu, fica esperto.

Nós tem a direção de Márcio Abreu e não é uma montagem simples, muito menos barata. O que eu quero dizer com isso: não é um espetáculo que facilmente voltará ao cartaz. Deveria era permanecer em temporada mas sei que nem sempre isso é possível por diversas questões.

Sendo assim, saiba que serão apenas três apresentações, sexta, sábado e domingo com ingressos a R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).

[O QUE] Nós, com Grupo Galpão

[QUANDO] 17 e 18 de março, 21h, e 19 de março, 19h

[ONDE] Galpão Cine Horto (Rua Pitangui, 3613, Horto, 31 3481-5580)

[QUANTO] Antecipado: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). Na hora: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia).

Ingressos: https://www.sympla.com.br/nos–grupo-galpao__123517

Gostou? Compartilhe!

Artigos Relacionados

Fim de semana no Fit-BH: cheio de sentidos e vazio de público

Sou da turma que enfrentou mais de 12 horas de fila para comprar um ingresso para ver Peter Brook e Teatro da Vertigem no Fit-BH de 2004. Em 1997, na edição do centenário de BH, também estava lá correndo com uma multidão atrás do Generik Vapeur do Parque Municipal até a Praça da Estação. Antes […]

Leia Mais

Impressões abertura Fit-BH 2018: o que é teatro hoje?

Encostada em uma das árvores centenárias do Parque Municipal, Lus Mar se esforçava para captar alguma cena de Looping: Bahia Overdub. De pé no canteiro, puxou papo. “Você está entendendo alguma coisa?”. Achei melhor fazer cara de incógnita. Naquele momento, a opinião dela me interessava bem mais. “Não estou nem sentindo que estou em abertura […]

Leia Mais

Espetáculos de rua e para crianças em destaque no FIT 2018

O conceito do Festival Internacional de Teatro Palco e Rua de Belo Horizonte 2018 é Corpos-Dialetos. Ou seja, propõe um olhar sobre as diásporas africanas e a cena nordestina. Analisamos todos espetáculos de rua e os infantis escolhidos pela curadoria e fazemos aqui nossas apostas. Confira! Você pode ainda conferir as apostas entre as peças […]

Leia Mais

Comentários