26 abr 2017

Exclusivo: Veja o clipe de ‘Doce Companhia’ do novo DVD de Fernanda Takai

Fernanda Takai no DVD Na Medida do Impossível – Ao Vivo No Inhotim,. Crédito: Beto Staino/Divulgação

Quais as semelhanças vocais poderia encontrar entre a cantora brasileira Fernanda Takai e a mexicana Julieta Venegas? Me perguntei antes de dar o play no vídeo exclusivo que Fernanda gentilmente enviou ao Culturadoria. Era para tentar seguir um caminho mais – digamos – técnico. O trajeto foi outro, mais – digamos – emocional.

Doce companhia é uma das faixas do DVD Fernanda Takai Na Medida do Impossível – Ao Vivo No Inhotim, lançado pela Deck em março. A versão em estúdio foi lançada em 2014 mas, confesso, me escapou.

Conheci essa música na versão de Julieta Venegas. Faz parte do álbum Limón y sal (2006) que além da canção que dá nome ao disco também tem Me voy. Sabe aquela coisa de música ser tipo perfume? Então, basta ouvir qualquer uma dessas faixas de Venegas que só volta coisa boa na memória.

A Doce companhia de Fernanda, com letra em português, é uma baladinha soft que pouco lembra a original. O que demonstra originalidade no processo de apropriação da canção. Todas as aproximações brasileiras ao repertório latino merecem minha consideração. As duas cantoras já se apresentaram juntas em 2013 e 2014. Que façam isso mais vezes.

Marisa Monte também já gravou com Julieta Venegas. No caso foi a música Ilusión.

Fernanda Takai Na Medida do Impossível – Ao Vivo No Inhotim foi gravado em setembro do ano passado inaugurando a programação noturna do centro de arte contemporânea. O repertório  tem as canções de Na medida do impossível, disco solo lançado em 2014, e outras novidades: I Don’t Wanna Talk About It, sucesso de Rod Stewart, uma outra versão para Nada pra Mim, já gravada por Fernanda Takai com o Pato Fu.

De todas as “inéditas” a que mais me surpreendeu foi a popular Fui eu (Sullivan/Massadas). A canção que já visitou repertório de sertanejos e outros cantores populares ganhou uma bela repaginada.

Outras abordagens

É sobre essa versatilidade de Takai que trata a matéria publicada pelo Estadão. “O set mostra uma vocalista musicalmente mais versátil e aberta a novas sonoridades”, diz o jornalista João Paulo Carvalho em um texto bem gostoso sobre a carreira dela. Na matéria a cantora também fala sobre posicionamento político, o que também é importante.

Os colegas do Tenho mais discos que amigos destacaram a faixa Partida. Na verdade, é o clipe da canção dirigido por Cristiano Trad e Nathália Marçal, da Árvore Filmes. Advinha onde foi gravado? Pergunta bem fácil ;).

Fernanda Takai fez recentemente dois shows para a divulgação do DVD em São Paulo. A agenda para por aí mas os planos são passar por lugares que ela ainda não visitou desde o lançamento do Na medida do impossível. O desafio é equilibrar a agenda da carreira solo e os compromissos do Pato Fu. A banda planeja para o segundo semestre o lançamento de Música de brinquedo 2.

Veja os bastidores da gravação do DVD

Gostou? Compartilhe!

Artigos Relacionados

Orquestra Filarmônica é ovacionada em concerto comemorativo de 10 anos

Já se passaram quase 24 horas. O domingo foi intenso e nem por isso os acordes da Sinfonia nº 9 de Beethoven (1770-1827), apresentada pela Orquestra Filarmônica de Minas Gerais na noite de sábado, se apagam na minha memória. Salve, salve! A Orquestra terminou a apresentação merecidamente ovacionada. Quem me dera ter todas as habilidades […]

Leia Mais

Jojo Todynho: a dona do hit que explodiu a internet brasileira

Por Thiago Fonseca* Preta, gorda, favelada e dona do hit mais estourado do Brasil. Jojo Maronttinni, mais conhecida como Jojo Todynho, se define assim. Bombada na internet com a música “Que Tiro Foi Esse?”, a cantora ainda não teve tempo de entender tudo o que está se passando na vida dela. É show seguido de […]

Leia Mais

Orquesta Atípica de Lhamas abre VAC em grande estilo ao lado de Maria Alcina

  A cantora Maria Alcina é mesmo um poder. Mas isso a gente já sabia há tempos. Por isso, a pergunta que fica depois da abertura do Verão Arte Contemporânea é: que potência é essa da Orquesta Atípica de Lhamas, minha gente?!? A “cerimônia” de abertura do Verão Arte Contemporânea foi em grande estilo. Depois […]

Leia Mais