Culturadoria com as dicas para o seu fim de semana: 04 de agosto

A poesia de João Cabral de Melo Neto virou dança com a Cia Deborah Colker. Cão sem plumas é um dos destaques da culturadoria da semana que tem também a estreia do novo filme de Selton Mello e os eventos derradeiros do Cura, o festival de arte urbana que tem colorido o centro da cidade. Está ficando bem bonito! Confira as dicas e faça suas apostas! 

Cão sem plumas da Cia de Dança Deborah Colker. Crédito: Cafi

Deborah Colker

Encontro da dança com o cinema, Cão sem plumas é o décimo trabalho da Cia de Dança Deborah Colker. É bem diferente das coreografias pop que a consagraram. O balé é inspirado no poema homônimo de João Cabral de Melo Neto. São 13 bailarinos que dançam em diálogo com as imagens do filme criado especialmente para a ocasião em parceria com Cláudio Assis. Confira a matéria do espetáculo publicada aqui no Culturadoria. 

[O QUE] Cão sem Plumas, Cia. Deborah Colker  [QUANDO] 05 de agosto,21h, 06 de agosto, 19h [ONDE] Grande Teatro Sesc Palladium (rua Rio de Janeiro, 1046, Centro, BH, (31) 3270-8100) [QUANTO] Plateia I e II – R$ 110 (inteira) R$ 55 (meia) R$ 44 (comerciário) I Plateia III – 50 (inteira) R$ 25 (meia) R$ 20 (comerciário). [COMPRE AQUI]

Confira o vídeo com a entrevista de Deborah Colker

 

God, com Miguel Falabella. Crédito Caio Gallucci.

God

God é uma adaptação da Broadway que Miguel Falabella adapta, dirige e atua. O espetáculo já esteve em BH mas volta devido ao sucesso que fez. Não é de hoje que ator prova que a liga dele com a comédia funciona. No caso dessa peça, em 90 minutos Deus e seus anjos conversam sobre as questões que atormentam a humanidade. Com humor, óbvio. 

[O QUE] God com Miguel Falabella [QUANDO] 04 de agosto 21h, 05 de agosto às 18h [ONDE] Cine Theatro Brasil (Rua dos Carijós, 258, Centro, BH,  (31) 3243.1964) [QUANTO] PLATEIA I R$120 (inteira) R$60 (meia), PLATEIA II A (De AA até HH) R$100 (inteira) R$50 (meia) PLATEIA II B (De II até LL) R$80 (inteira) R$40. [COMPRE AQUI]

Maestro Fabio Mechetti e o violoncelista Antonio Meneses comemoram 60 anos. Crédito: Eugênio Sávio

Orquestra Filarmônica de Minas Gerais 

Uma das parcerias mais frequentes da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais é com o violoncelista Antonio Meneses. Foram diversos concertos juntos e inclusive a primeira turnê internacional do projeto mineiro. Por curiosidade, os dois fazem aniversário em agosto. Detalhe: eles completam 60 anos. Por isso o concerto da semana é festivo. Eles escolheram executar o Concerto para violoncelo, composto pelo austríaco Hans Gál, O beijo da fada: Divertimento, do russo Igor Stravinsky e Um ato de fé, do brasileiro Levy Oliveira.

[O QUE] Maestro Fabio Mechetti e o violoncelista Antonio Meneses comemoram aniversário de 60 anos com música [QUANDO] 03 e 04 de agosto, 20h30 [ONDE] Sala Minas Gerais (Rua Tenente Brito Melo, 1090 – Bairro Barro Preto) [QUANTO] Ingressos: R$ 40 (Balcão Palco e Coro), R$ 50 (Mezanino), R$ 62 (Balcão Lateral), R$ 85 (Plateia Central) e R$ 105 (Balcão Principal) [COMPRE AQUI] 

O filme da minha vida

Se com O Palhaço Selton Mello já mostrou o quão talentoso também é como diretor, O filme da minha vida, a nova produção em que assume dupla função reforça isso. Ele dirige e atua no longa, baseado no livro “Um Pai de Cinema” de Antonio Skármeta. É a história de um jovem professor, a relação dele com o pai, seus conflitos e experiências juvenis.

[O QUE] O filme da minha vida, com direção de Selton Mello, distribuidora  VITRINE FILMES.

Planeta dos Macacos: A guerra

Mais uma continuação da pesada, Planeta dos Macacos figura entre as maiore estreias do segundo semestre. Nos EUA, a bilheteria do primeiro fim de semana bateu Homem-Aranha. O longa encerra uma bem sucedida trilogia. Os entendidos dizem que os filmes mais recentes da franquia reinventaram o conflito entre homens e os símios.

[O QUE] Planeta dos Macacos: A Guerra, com direção de Matt Reeves, distribuidora  Fox Film do Brasil.

Aprendendo a Crescer, música para todos os sentidos.Crédito Daniel Bianchini.

O tema do evento Aprendendo a crescer, marcado para a Praça da Assembleia é Música para todos os sentidos. Isso significa que as crianças terão oportunidade para se relacionar de diversas maneiras com os sons. Tem oficinas e shows. Ah, os show! Destaque para O Tubarão Martelo e os Habitantes do Fundo do Mar e também o sempre atual Música de Brinquedo, do Pato Fu.

[O QUE] Aprendendo a Crescer – Música para todos os sentidos , várias atrações:Oficina de construção de instrumento musical, por Anaís Della, Espetáculo “Desafios Urbanos – interação entre o circo e a cidade”,  “O Tubarão Martelo e os habitantes do fundo do mar”, ula coletiva de musicalização, por Weber Lopes e  “Pato Fu – Música de Brinquedo”.  [QUANDO] 5 de agosto, 09h30 [ONDE] Praça da Assembléia, Santo Agostinho, BH [QUANTO] Entrada Gratuita

Grupo Coração Palpita “Os Palpitinhas”. Crédito André Luppi.

Coração Palpita

O grupo mineiro Coração Palpita lança o CD Os palpitinhas dentro do projeto Diversão em Cena. É um trabalho que mistura música e teatro, com valorização da criatividade e da alegria. O repertório autoral percorre um mundo de caras e bocas divertidas, heróis com poderes inusitados.

[O QUE] Grupo Coração Palpita “Os Palpitinhas”  [QUANDO] 06 de agosto, 16h   [ONDE] Teatro Bradesco (Rua da Bahia, 2244, Lourdes, BH, (31) 3516-1360)  [QUANTO]  R$ 10 (inteira) R$ 5 (meia) [COMPRE AQUI]

“Mais Do Que Araras” . Crédito Diana Tamane.

ARTES VISUAIS

Mais do que Araras é uma exposição que comemora os 50 anos da Tropicália. Estarão em BH obras criadas entre 1960 e 1980, todos contemporâneos de Hélio Oiticica. Foi ele quem disse que “O mito da tropicalidade é muito mais do que araras e bananeiras: é a consciência de um não condicionamento às estruturas estabelecidas, portanto, altamente revolucionário na sua totalidade”. Estarão expostas 31 obras de 14 artistas, de diferentes estados brasileiros.

[O QUE] “Mais Do Que Araras”   [QUANDO] Abertura, 8 de agosto, 19h, Visitação, 9 de agosto a 1 de outubro. Terça a domingo, 9h às 21h.  [ONDE] Sesc Palladium (Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro, BH, (31) 3270-8100)  [QUANTO] Gratuito.

Encerramento do festival Cura. Foto assessoria.

CURA FESTIVAL

Evento que movimentou a rua Sapucaí nos últimos dias o Cura.Art chega a seu fim de semana derradeiro. Para quem não sabe, este é o evento que está promovendo pinturas gigantescas das fachadas de alguns prédios do hipercentro de BH. Iniciativa muito bacana! A programação de encerramento inclui, além dos painéis finalizados, pintura ao vivo do muro do Metrô e uma movimentada festa diária na rua Sapucaí, entre 13h e 22h.

[O QUE] Encerramento do Cura [QUANDO] 04 a 06 de agosto [ONDE] Rua Sapucaí, Floresta [QUANTO] Grátis [PROGRAMAÇAO COMPLETA]