31 ago 2017

Culturadoria com as dicas para o seu fim de semana: 01 de setembro

Setembro começa com uma agenda cultural de altíssimo nível. No teatro, está muito difícil escolher entre a estreia do Grupo Corpo, o retorno de Fernanda Torres com A casa dos Budas Ditosos e Hamlet, da Armazém Cia de Teatro. Nossa culturadoria ainda tem festival musical no Parque Municipal e de livros na Savassi. Aposte e aproveite seu fim de semana.

Cena de ‘Gira’, espetáculo do Grupo Corpo. Crédito: José Luiz Pederneiras

GIRA

Depois da tradicional estreia em São Paulo o Grupo Corpo chega a BH com Gira. Na 39a montagem da carreira os Pederneiras exploraram o universo da Umbanda, em especial os Exus. Com um detalhe: resistiram a todos os clichês, sonoros e corporais. Os 21 bailarinos ficam em cena o tempo todo. Fazem da presença no palco uma cerimônia, uma celebração. Uma gira.

[O QUE] Grupo Corpo, Gira [QUANDO] Dias 2, 5 e 6 setembro, 20h30, 3 e 7 de setembro, 19h. Sessão extra dia 08 de setembro [ONDE] Grande Teatro do Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537, Centro BH, (31) 3236-7400) [QUANTO] Plateia I R$ 100 (inteira) R$ 50 (meia) Plateia II R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia) | Plateia Superior R$ 80 (inteira) R$ 40 (meia). [COMPRE AQUI]

A casa dos budas ditosos. Divulgação Luciana Prezia.

A CASA DOS BUDAS DITOSOS

Eis uma das adaptações mais celebradas do teatro brasileiro contemporâneo. Fernanda Torres dá voz à uma mulher de sexualidade livre criada por João Ubaldo Ribeiro na coleção de livros sobre os sete pecados capitais. No caso, a luxúria. Fernanda fica quase duas horas sentada em uma mesa narrando as picantes histórias em um gravador. É imperdível!

[O QUE] A Casa dos Budas Ditosos, com Fernanda Torres [QUANDO] 01 e 02 de setembro, 21h [ONDE] Sesc Palladium (Av. Augusto de Lima, 420, Centro, BH, (31) 3270-8100) [QUANTO] Plateia R$ 130 (inteira) R$ 65 (meia), Plateia II R$ 100 (inteira) R$ 50 (meia), Plateia III R$ 80 (inteira) R$ 40 (meia). [COMPRE AQUI]

 

Hamlet. Assessoria divulgação

HAMLET

Belo Horizonte tem o privilégio de ter recebido todas as montagens do Grupo Armazém. Desta vez o grupo radicado no Rio chega com um clássico de Shakespeare, obviamente, propondo alguns deslocamentos. O primeiro: o príncipe da Dinamarca é interpretado por uma atriz, no caso, Patrícia Sellonk, grande nome do Armazém. A adaptação do diretor Paulo de Moraes propõe diálogo dos temas levantados pelo Bardo com a atualidade.

[O QUE] HAMLET [QUANDO] 02 a 25 de setembro, 20h [ONDE] CCBB BH (Praça da Liberdade 450, Funcionários, BH (31) 3431-9400) [QUANTO] R$ 20 (inteira) R$ 10 (meia). [COMPRE AQUI]

FESTIVAL VIBRA

O Vibra se apresenta como um festival multicultural. Isso se dá, principalmente, na mistura sonora que propõe. Lenine, Nação Zumbi,Lenine, Flávio Renegado, Graveola são nomes consagrados que dividem a programação com revelações como é o caso da Orquestra Atípica de Lhamas e Gabriel Elias. O mote da reunião é celebrar o mangue beat, em especial homenagear Chico Science. Lá se vão 20 anos sem ele.

[O QUE] Festival Vibra, com Lenine, Nação Zumbi, Flávio Renegado, Zevinipim, Lagum, Maneva, Gabriel Elias, Orquestra Atípica de Lhamas, Pequena Morte e  Orquesta Atípica de Lhamas [QUANDO] 01, 02 e 03 de setembro, 19h [ONDE] Parque Municipal de Belo Horizonte (Av. Afonso Pena, 1377, Centro, BH,  (31) 3222-3242)  [QUANTO] 01 de setembro R$ 20, 02 e 03 de setembro R$30 (inteira). [COMPRE AQUI]

Capital Inicial em BH. Reprodução da Internet.

CAPITAL INICIAL

A turnê Acústico NYC do Capital Inicial chega a BH. É show revisionista que celebra 15 anos do lançamento do disco. O detalhe é que o quarteto de hoje está repaginado. Outras canções do repertório da banda ganharam versões acústicas e tem ainda três músicas inéditas. O show em BH é o último da turnê Acústico NYC.

[O QUE] Capital Inicial [QUANDO] 02 de setembro, 22h [ONDE] Km de Vantagens BH Hall (Avenida N. Sra. do Carmo, 230, Savassi, BH, (31) 3209-8989) [QUANTO] Pista/arquibancada R$ 80 (inteira) R$40 (meia).[COMPRE AQUI]

Ná Ozzetti e Zé Miguel Wisnik.

Ná Ozzetti e Zé Miguel Wisnik 

Classe não falta ao encontro de Ná Ozzetti e José Miguel Wisnik. Eles lançam o disco duplo Ná e Zé. O álbum reúne o repertório das duas carreiras. Eles se cruzaram musicalmente pela primeira vez em 1985. O CD tem poemas de Fernando Pessoa, Oswald de Andrade e Cacaso, parcerias com Alice Ruiz e Paulo Neves, compartilhadas por Ná e Zé ao longo desses anos.

[O QUE] Ná Ozzetti e Zé Miguel Wisnik  [QUANDO e ONDE] 1 de setembro, 19h, noTeatro Municipal Casa da Ópera (R. Brg. Musqueira, 104, Ouro Preto,(31) 3551-0416); 03 de setembro, 11h, no Museu de Arte da Pampulha (Avenida Otacílio Negrão de Lima, 16.858) [QUANTO]  R$30 (inteira) R$15 (meia). [COMPRE AQUI]

FLIR. Reprodução da internet.

Festival Livro na Rua

As livrarias da região da Savassi se reuniram para realizar mais este festival. O local escolhido é o point dos lançamentos: a Rua Fernandes Tourinho. Diversas barracas serão montadas na região com participação de artistas, palco com shows, apresentações de contação de histórias e mostra literária. Toda a programação é gratuita.

[O QUE] FLIR – Festival Livro na Rua [QUANDO] 1º, 2 e 3 de setembro, sexta: 18h às 22h; sábado: 10h às 22h; domingo: 10h às 18h [ONDE] Rua Fernandes Tourinho (entre as avenidas Getúlio Vargas e Cristovão Colombo) – Savassi [QUANTO] Grátis.

 

EMOJIS

Não adianta ser alto o potencial transmídia se a história é fraca. É o que ocorre com Emoji, o filme. A animação da Sony Pictures tem personagens carismáticos mas o conflito deles não convence. Aí fica bem chato. Um desperdício.

[O QUE] Emojis o filme, com direção Tony Leondis e produção Sony Pictures.

COMO NOSSOS PAIS

Destaque nacional da semana, Como nossos pais começou sua trajetória pelo Festival de Berlim e no mês passado conquistou seis Kikitos no Festival de Gramado. Longa é dirigido por Laís Bodanzky. Aborda os conflitos da mulher contemporânea, no caso, Rosa (Maria Ribeiro), de ter que dar conta de tudo.

[O QUE] Como nossos pais, com direção Laís Bodanzky e produção Imovision.

8 ½ Festa do Cinema Italiano

A produção contemporânea da Itália está reunida no festival 8 ½ Festa do Cinema Italiano. Belo Horizonte é uma das oito cidades Brasileira que recebem o evento. Até o dia 06 de setembro serão exibidos vários filmes da nova safra. Um dos destaques é O Fantasma da Sicília (Sicilian Ghost Story), de Fabio Grassadonia e Antonio Piazza, longa que abriu a Semana da Crítica no Festival de Cannes.

[O QUE] Festival 8 ½ Festa do Cinema Italiano [QUANDO] Até 06 de setembro, em vários horários. [ONDE] Cine Belas Artes (R. Gonçalves Dias, 1581 – Lourdes) [QUANTO] R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Gostou? Compartilhe!

Artigos Relacionados

Confira as dicas para o seu fim de semana: 19 de outubro

A presença de Roger Waters em BH não é a única atração de peso em nossa Culturadoria. Temos ainda, estreia do novo espetáculo do Grupo Galpão, musical sobre Chaplin e a estreia da biografia de Neil Armstrong. ROGER WATERS Apesar de ser freguês do Brasil, será a primeira vez que Roger Waters estará em Belo […]

Leia Mais

Confira nossas dicas para o fim de semana: 12 de outubro

A Culturadoria fim de semana prolongado tem, entre os destaques, Toquinho com um show dedicado ao repertório infantil, Orquestra Ouro Preto apresentando canções inéditas para ‘O Pequeno Príncipe’, uma peça que debate o amor na terceira idade e o filme mais esperado na vida dos fãs de Lady Gaga. Além disso, fizemos uma matéria com […]

Leia Mais

“Me considero um artesão”, diz Toquinho que faz show em BH para crianças

Toquinho vem a Belo Horizonte parta participar do Festival Somos Comunidade, que comemora os 15 anos de atividades do Instituto Unimed-BH. Enquanto finaliza uma turnê pela Itália, responde, gentilmente, algumas perguntas que enviamos para ele. Toquinho comemorou 50 anos de carreira com lançamento de CD e DVD. Nesta entrevista ele se diz um artesão da […]

Leia Mais

Comentários